Futsal

29-08-2016 19:45

Câmara de Gondomar atribui Medalha de Ouro a Ricardinho

Marco Martins também aproveitou para formular votos de "boa sorte" à comitiva portuguesa que vai seguir para a Colômbia e recordou que Gondomar será Cidade Europeia do Desporto em 2017.
Golo de Ricardinho entre os melhores da UEFA
Foto: SAPO Desporto

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O presidente da câmara de Gondomar, Marco Martins, entregou hoje a Medalha de Mérito Desportivo grau Ouro ao jogador de futsal Ricardinho, considerando o internacional português como "um embaixador" do concelho de onde é natural.

A entrega da medalha - a primeira atribuída pelo autarca socialista neste mandato - decorreu durante uma cerimónia de receção à seleção portuguesa de futsal, que está a preparar-se para o Mundial que vai decorrer na Colômbia de 10 de setembro a 02 de outubro.

A autarquia de Gondomar, distrito do Porto, justifica esta atribuição com as "grandes conquistas, quer nacionais, quer internacionais" de Ricardinho, bem como com a "excelente carreira desportiva" do atleta.

"Permitiu um maior desenvolvimento do desporto em Gondomar, com a consequente promoção social, turística e económica, projetando e dignificando o Município de Gondomar", lê-se em nota da câmara que acrescenta que "Ricardinho sempre destacou a sua condição de gondomarense, identificando-se com os valores da sua terra".

O ala internacional português foi eleito, a 20 de maio, o melhor jogador de futsal do mundo, depois de ter conquistado o mesmo troféu em 2010 e 2014.

O jogador nascido em 1985 em Valbom, freguesia de Gondomar, começou a jogar futsal no Gramidense Infante na época de 1998/1999, passando por Miramar, Benfica e Nagoya Oceans (Japão), antes de se juntar ao Inter Movistar (Espanha), seu atual clube, num trajeto em que alinhou 124 vezes com a camisola da seleção nacional.

Conteúdo publicado por Sportinforma