Seleção de Futsal

31-08-2016 14:18

Jorge Braz não vê problemas em jogar com uzbeques antes e na fase final do Mundial

A equipa das ‘quinas’ vai defrontar no Grupo A a anfitriã Colômbia, Uzbequistão e Panamá.
Jorge Braz, selecionador de futsal
Foto: Estela Silva

Jorge Braz, selecionador de futsal

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O selecionador português de futsal, Jorge Braz, minimizou hoje o facto de Portugal defrontar o Uzbequistão, na quarta-feira, em Gondomar, num jogo particular, antes de o voltar a encontrar no Grupo A do Mundial.

Na antevisão ao primeiro de dois jogos de preparação da seleção lusa antes de partir para a Colômbia, Jorge Braz explicou que o agendamento do embate com a formação do leste da Europa "já estava fechado antes do sorteio da fase final".

"Tudo isto estava fechado e planificado antes do sorteio", começou por referir o selecionador que deu conta da disponibilidade do homólogo uzbeque para cancelar o jogo logo que foi conhecida a composição do Grupo A.

"Decidimos manter porque na altura era difícil arranjar adversário além de que, sendo o terceiro jogo do grupo e há muito que não jogávamos contra eles, não constituía qualquer problema", argumentou Jorge Braz.

Portugal defrontou e venceu o Uzbequistão por 3-1 em 2012, no Peso da Régua, na preparação para o Campeonato do Mundo da Tailândia.

O guarda-redes Vítor Hugo, a recuperar de uma lesão, "não vai jogar nestes dois jogos", confirmou Jorge Braz, que prefere “gerir a lesão para poder contar com o jogador na fase final".

Outra gestão na programação da preparação foi fechá-la em Gondomar, terra de Ricardinho e uma cidade onde, salientou o selecionador, "há uma forte paixão" pela modalidade.

"As capacidades do pavilhão Multiusos, a paixão que existe pelo futsal em Gondomar, sabermos que vamos ter um pavilhão cheio e com isso aproximar os momentos competitivos ao que vai ser o mundial, com muita gente, uma pavilhão grande, claro que tudo isso foi pensado", frisou.

E prosseguiu: "Gondomar traz-me recordações positivas e outras nem tanto de 2007. Esta é a terra do Ricardo e serão três jogos com muito entusiasmo e mobilizadores da modalidade no norte e em especial em Gondomar".

Sobre o embate com o Uzbequistão, Jorge Braz alertou para os "rótulos": "Desde que cá estou parece que temos sempre de ganhar por 6 ou 7-0. O Uzbequistão acabou de fazer dois jogos com o Irão, dois jogos duríssimos, num deles em que o Irão ganhou porque expulsaram três jogadores do Uzbequistão".

"É uma equipa extremamente organizada, forte fisicamente e com muita qualidade e por isso é que a escolhemos", disse o selecionador sobre a equipa adversária de Portugal na partida de quinta-feira, às 18:00.

Em conclusão, Braz anteviu “um jogo duríssimo e equilibrado”, em que Portugal pretende “ser superior”, enaltecendo a sua importância para a preparação do Mundial, “mais do que o resultado".

Antes de rumar à Colômbia, onde vai ser disputado o Mundial, entre 10 de setembro e 01 de outubro, Portugal vai ainda defrontar a Espanha, no sábado, a partir das 12:30.

A equipa das ‘quinas’ vai defrontar no Grupo A a anfitriã Colômbia, Uzbequistão e Panamá.

Conteúdo publicado por Sportinforma