Futsal

12-09-2016 23:10

Jorge Braz: "Vencer o Panamá é uma questão de sermos Portugal"

A seleção portuguesa defronta na terça-feira o Panamá, em jogo do grupo A do Mundial.
Jorge Braz
Foto: DR

Jorge Braz

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O selecionador português de futsal, Jorge Braz, acredita fielmente que a seleção portuguesa vai vencer o Panamá, em jogo da segunda jornada do grupo A do Mundial2016, se for igual a si própria.

“É uma questão de sermos Portugal, aquele Portugal organizado, racional, que sabe o que faz, equilibrado nas suas ações e organização. Somos superiores e ganhamos o jogo. Acredito fielmente nisso”, disse Jorge Braz na antevisão da partida de terça-feira frente ao Panamá, equipa que diz conhecer bem.

Para o selecionador português, este adversário é uma equipa atrevida, porque, “como eles próprios dizem, não têm medo de ninguém, são diferentes e acreditam nas suas diferenças”.

“O futsal só sai enriquecido com a participação de países com culturas muito próprias. Eles acreditam no seu interior, competem como ninguém e isso tem-lhes trazido excelentes resultados. Ainda agora na qualificação para o Mundial tive oportunidade para ver os seus jogos”, afirmou.

Não obstante os pontos fortes do Panamá, Jorge Braz quer vencer, até porque não conseguiu somar os três pontos na estreia frente à seleção anfitriã:

“Independentemente da forma como decorreu o jogo com a Colômbia, no qual lutámos literalmente contra o resultado durante 40 minutos, em que chegámos ao fim e fomos premiados com o empate, só temos de estar muito motivados para o jogo com o Panamá”.

“Estamos no início e não no fim de um percurso. Esta é mais uma etapa importante e queremos claramente vencer o jogo para depois partimos para a última jornada para conquistar o grupo”, rematou o selecionador português.

A seleção portuguesa defronta na terça-feira o Panamá, em jogo do grupo A do Mundial, que integra também as seleções do Uzbequistão, derrotado na primeira jornada por 3-1 pela seleção panamiana, e da Colômbia, país anfitrião, que empatou a um golo com Portugal na estreia da competição.

Conteúdo publicado por Sportinforma