Futsal

18-09-2016 09:58

Falcão marca três a Moçambique e é o maior goleador em Mundiais

O capitão da seleção brasileira, Falcão, tornou-se no sábado o maior goleador da história em Mundiais de futsal, ao contribuir com três golos para a goleada por 15-3 sobre Moçambique.
Falcão
Foto: PORNCHAI KITTIWONGSAKUL

Jogador de futsal brasileiro.

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

Com esta vitória folgada, o Brasil assegurou o primeiro lugar do Grupo D e o apuramento para os oitavos de final, bem como a Ucrânia, que terminou em segundo, depois de vencer a Austrália por 3-1.

Nas contas particulares, Falcão passou a ser o jogador que mais golos marcou em Mundiais, com um total de 45, mais três que o anterior recordista, o seu compatriota Manoel Tobias.

No jogo com os moçambicanos, de ‘sentido único’, o Brasil já vencia por 8-1 ao intervalo.

A jornada de sábado também ‘fechou’ o Grupo C, ganho pela Itália, que encerrou a primeira fase com o pleno de vitórias, a última contra o Vietname, por 2-0.

Enquanto Brasil e Itália, tal como Portugal, terão de esperar pelo encerramento da primeira fase para conhecer os seus adversários nos ‘oitavos’ (um dos terceiros classificados), o Paraguai, que goleou a Guatemala por 8-4 no outro jogo do Grupo C, terminou em segundo e já sabe que vai encontrar a anfitriã Colômbia na primeira fase a eliminar.

Conteúdo publicado por Sportinforma