Futsal / Ricardo Lobão

25-01-2012 08:54

«Não podemos menosprezar ninguém»

O SAPO Desporto falou com os treinadores do campeonato nacional de futsal sobre a participação de Portugal no Europeu. Conheça as expectativas de Ricardo Lobão, treinador dos Leões de Porto Salvo, a 8 dias do primeiro jogo.
«Não podemos menosprezar ninguém»

Por Miguel Henriques sapodesporto@sapo.pt

Ricardo Lobão é cauteloso no seu discurso quando se trata de falar da seleção nacional de futsal. Não esconde que Portugal tem talento e qualidade neste grupo, mas deixa o alerta aos jogadores para que mantenham os pés bem assentes na terra e fala em concentração máxima.

«Temos de ser muito eficazes tanto no aspeto ofensivo, como defensivo porque nestes jogos, nos momentos decisivos, são estes os requisitos que podem fazer a diferença. Será tremendamente difícil. Temos de perceber que não há jogos fáceis, seja contra quem for e não podemos menosprezar ninguém. Temos de estar sempre motivados e concentrados a cada segundo», sublinhou o técnico.

Feitos os devidos avisos, seguiram-se os elogios: «Nós temos qualidade, temos vindo a melhorar e estamos mais próximos dos melhores, neste caso do campeão europeu que é a Espanha. Eu acredito que com a qualidade que nós temos, e um bocadinho de sorte, será possível vencer o Europeu».

Deixando a seleção de lado e olhando para os Leões de Porto Salvo, Ricardo Lobão promete o máximo empenho de toda a estrutura da sua equipa para que, num futuro próximo, haja jogadores do seu plantel nos trabalhos da seleção, a contribuírem para elevar o nome de Portugal.

«Se não temos nenhum jogador convocado, é porque a seleção nacional achou que não estavam reunidas as condições. Cabe-me a mim, à minha equipa técnica e aos jogadores trabalhar mais, para que estes possam ter mais capacidades para serem opções no futuro», concluiu o técnico.

Portugal está inserido no Grupo D juntamente com Sérvia e Azerbaijão. O Europeu decorrerá na Croácia entre 31 de janeiro e 11 de fevereiro.