Futsal/Joel Queirós

23-01-2014 22:09

«Passar os 100 golos era um dos objetivos»

Portugal venceu a Turquia por 8-3, num encontro de caráter particular, que serve de preparação para o Europeu de futsal que tem início no dia 28 de janeiro em Antuérpia, na Bélgica.
«Passar os 100 golos era um dos objetivos»

Por Miguel Henriques sapodesporto@sapo.pt

Joel Queirós esteve em destaque no encontro de hoje que opôs Portugal à Turquia, não só pelos três golos que marcou, mas por ter chegado aos 100 golos ao serviço da seleção portuguesa.

Na conferência de imprensa após o encontro, o pivot mostrou-se feliz pela marca alcançada, mas preferiu destacar a importância da vitória averbada diante da Turquia num encontro que serviu para testar a equipa antes do Europeu da modalidade.

«Passei a marca dos cem golos e esse era um dos meus objetivos. Mas o mais importante é a preparação para o  Campeonato da Europa. Estamos focados e a trabalhar bem para chegarmos à Bélgica e fazer as coisas bem feitas», destacou.

Sobre o encontro propriamente dito, o pivot refere que foi «intenso» e que o avolumar do resultado que se verificou na segunda parte se adveio «ao cansaço da Turquia» e à «maior experiência lusa».

Para este estágio da seleção que está a decorrer em Rio Maior, o selecionador Jorge Braz convocou 15 atletas, o que faz com que até sábado um dos jogadores vá ser dispensado.

Joel Queirós lembra que será triste para o atleta que irá ficar em terra, porém são essas as regras do jogo.

«Infelizmente só podem ir 14. Tem de sair um. É mau para o jogador que ficar fora, pois todos querem ir ao Europeu. Os 14 que forem vão fazer tudo para trazer a vitória para o jogador que não for», afirma.

Conteúdo publicado por Sportinforma