Golfe

14-02-2017 12:08

Águeda vai construir equipamento para atrair praticantes de golfe

A nova infraestrutura deverá custar cerca de 200 mil euros, suportados por fundos próprios da autarquia.
Águeda vai construir equipamento para atrair praticantes de golfe
Foto: CM ÁGUEDA

O novo 'driving range' ficará localizado junto ao Estádio Municipal e ao Clube de Ténis.

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O Município de Águeda lançou um concurso público para a construção de um ‘driving range’, infraestrutura que tem como finalidade fomentar a aprendizagem de golfe e atrair praticantes da modalidade, anunciou hoje a Câmara.

A nova infraestrutura deverá custar cerca de 200 mil euros, suportados por fundos próprios da autarquia, e ficará localizada junto ao Estádio Municipal e ao Clube de Ténis, devendo ser executada no prazo de quatro meses.

Segundo o presidente da Câmara Municipal, Gil Nadais, o ‘driving range’ “vem não só dar resposta a um grupo crescente de aguedenses que se dedica à modalidade, e que não encontra um espaço deste género no concelho e na região, mas também atrair praticantes de fora do município, que aproveitam o golfe para fazer turismo”.

O ‘driving range’, que deverá estar disponível para os golfistas ainda este ano, vai integrar a “Academia de Golfe”, que contará ainda com um percurso “Pitch & Put” (uma modalidade amadora de golfe) de seis buracos, com vista a facilitar o acesso e a aprendizagem da modalidade, quer pela população do concelho, quer pelos visitantes.

A aposta na construção do ‘driving Range’ é justificada por Gil Nadais como forma de motivar mais pessoas a visitar o Município, através de um conjunto diversificado de infraestruturas, no caso atraindo os praticantes de golfe.

De acordo com uma nota de imprensa da autarquia, o ‘driving range’ é um espaço que “permite que os atletas do golfe pratiquem as suas tacadas de modo eficiente, sem se preocuparem com a recuperação da bola”.

É indicado para todos os tipos de jogadores de golfe, desde iniciantes (que tomam contacto com o material e adquirem técnica) até profissionais (que treinam a precisão)”.

Conteúdo publicado por Sportinforma