Rússia

13-09-2016 19:30

Abakumova perde prata do dardo de Pequim2008 por doping

Em comunicado, o Comité Olímpico Internacional explica que a atleta deu positivo por turibanol, um esteroide anabolisante.
International athletics meet ISTAF at Olympiastadion in Berlin
Foto: Lusa

Em comunicado, o Comité Olímpico Internacional explica que a atleta deu positivo por turibanol, um esteroide anabolisante.

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

A russa Maria Abakumova vai ter de devolver a medalha de prata do dardo dos Jogos Olímpicos de 2008, disputados em Pequim, após a reanálise das colheitas de sangue então feitas, anunciou hoje o COI.

Em comunicado, o Comité Olímpico Internacional explica que a atleta deu positivo por turibanol, um esteroide anabolisante.

Na prova de Pequim, ganha pela checa Barbara Spotaková, a alemã Christina Obergföll passa a prata e a britânica Goldie Sayers chega ao pódio, com o bronze.

Abakumova viria depois a ser campeã do mundo em 2011 e nos Jogos de Londres, no ano seguinte, ficou pelo décimo lugar, antes de revalidar o título mundial em 2013, em Moscovo.

Outros casos agora conhecidos, mas sem implicação a nível de pódios, são os de Inga Abitova, sexta nos 10.000 metros, e Denis Alexeev, 23.ª dos 400 metros. No ciclismo, é Ekaterina Gnidenko, oitava no keirin de Londres2012, que acaba de ser desclassificada - a exemplo de Abakumova, as três situações por turinabol.

Conteúdo publicado por Sportinforma