Jogos Olímpicos 2020

30-11-2016 15:01

Japão quer limitar custos a 17 mil milhões de euros

Crise económica afeta o país nipónico.
Tóquio 2020

Tóquio 2020

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O Japão manifestou esta quarta-feira a intenção de manter os custos com os Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020 abaixo dos 18 mil milhões de dólares (17 mil milhões de euros).

“Estamos determinados em reduzir custos”, afirmou Toshiro Muto, responsável do comité organizador de Tóquio2020, no final de uma reunião com os organizadores dos Jogos Olímpicos Rio2016.

O Brasil viu-se forçado a conter o orçamento inicialmente previsto para os Jogos em face da crise económica em que o país mergulhou após ter recebido a organização da competição, em 2009.

Também o Japão está a enfrentar custos acrescidos com a construção de infraestruturas, que têm sido inflacionados desde que em 2013 o país se candidatou para receber os Jogos.

O governo de Tóquio estimou que, caso não sejam feitos cortes drásticos, os custos dos Jogos poderão ultrapassar os 30 biliões de dólares (28,2 mil milhões de euros).

Conteúdo publicado por Sportinforma