Rio2016

02-08-2016 07:21

Brasil aumenta segurança nos aeroportos

O país anfitrião quer receber a lista de passageiros de voos com 72 horas de antecedência.
Rio2016: Brasil prepara contingente especial anti-terrorismo

Brasil prepara contingente especial anti-terrorismo

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

A Polícia Federal (PF) do Brasil quer receber com 72 horas de antecedência, ainda durante os Jogos Olímpicos, a lista de passageiros que embarcam no estrangeiro com destino ao país, disse na segunda-feira uma fonte policial.

Durante a inauguração do centro internacional de cooperação policial, que funcionará durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos, o chefe da Interpol no Brasil e delegado da Polícia Federal, Valdecyr Urquiza Júnior, citado pelo jornal Folha de São Paulo, disse que o procedimento deve entrar em vigor "no curso dos Jogos".

Os nomes dos passageiros serão cruzados com uma lista internacional de 3.000 suspeitos de terrorismo e outros 44 mil de crimes de outra natureza.

Atualmente, os nomes dos passageiros são enviados ao Brasil a partir do momento em que o avião inicia os procedimentos de descolagem.

Agentes de segurança estrangeiros irão participar no sistema, verificando nomes de compatriotas diretamente nas listas de dados dos seus países de origem.

Na inauguração do Centro de Cooperação Policial Internacional (CCPI), em Brasília, o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, e o diretor-geral da Polícia Federal, Leandro Daiello, destacaram que o sistema de cooperação internacional para os Jogos é o maior da história do país e da Interpol (Organização Internacional de Polícia Criminal).

Leandro Daiello referiu que um sistema semelhante já foi utilizado para o Campeonato do Mundo de Futebol de 2014, no Rio de Janeiro, quando "a segurança foi reconhecida como um dos pontos mais importantes" da competição.

Segundo o chefe da Interpol no Brasil, a Polícia Federal também utiliza um sistema de reconhecimento facial e as imagens são recolhidas em diversos pontos de circulação, como aeroportos ou arenas desportivas.

O ministro da Justiça acrescentou que foi ainda acionado um novo sistema de recolha e verificação de impressões digitais de todos os passageiros que desembarcam no Brasil.

"Fizemos a lição de casa. Tudo de mais moderno, tudo que há de integração com outros país, informação e inteligência, nós temos no Brasil. Então, nós estamos preparados para qualquer eventualidade", realçou o governante.

Um outro CCPI deverá ser inaugurado hoje no Rio de Janeiro.

Os Jogos Olímpicos e Paralímpicos decorrem de sexta-feira a 18 de setembro.

Conteúdo publicado por Sportinforma