Rio2016

02-08-2016 09:35

Presidente COI: “O caminho foi longo e difícil para chegarmos até aqui"

Thomas Bach, presidente do Comité Olímpico Internacional, admite que organização teve "um grande desafio”.
Medalha de ouro Rio2016
Foto: CHRISTOPHE SIMON / AFP

Medalha de ouro Rio2016

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O presidente do Comité Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, admitiu na segunda-feira que a preparação para os Jogos Rio2016, que começam a 05 de agosto, foi “um grande desafio”.

“O caminho foi longo e difícil para chegarmos até aqui. Foi um grande desafio. Não é exagero admitir que o povo brasileiro passou por períodos muito particulares. A crise política e económica no país não tem precedentes”, reconheceu o presidente do COI, na véspera de uma reunião do Comité Executivo do organismo.

Neste sentido, Bach acrescentou que “escusado será dizer que esta situação constituiu um grande desafio nas preparações finais dos Jogos Olímpicos”.

Bach também abordou o escândalo de doping que abala o desporto russo e os seus atletas, cujo número que será autorizado a participar no evento será definido hoje.

A três dias da cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos, alguns desportistas russos não sabem se poderão participar na competição.

A autorização final de participação será tomada por um painel de três membros do COI, encarregado de avaliar as listas enviadas pelas federações internacionais de modalidade.

“O COI tem de tomar as decisões necessárias. As conclusões dos relatórios a que tivemos acesso são muito graves, sobretudo no que respeita ao sistema de doping. Se isso ficar provado, foi um ataque sem precedentes à integridade dos Jogos Olímpicos”, avaliou Bach.

Apesar do torneio de futebol começar a 04 de agosto, dia em que Portugal defronta a Argentina, os Jogos Olímpicos Rio2016 arrancam oficialmente a 05 de agosto, com a Cerimónia de Abertura, decorrendo até 21 do mesmo mês.

Conteúdo publicado por Sportinforma