Rio'2016

03-08-2016 13:17

Papa Francisco deseja uma "boa prestação" a todos os atletas

O Sumo Pontífice lembrou que o mundo está a ser afetado pela doença da "crueldade".
General audience in Saint Peter's Square
Foto: epa04264274

Papa Francisco junto dos fiéis

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O papa Francisco encorajou hoje os participantes dos Jogos Olímpicos Rio2016 a terem uma "boa prestação", reforçando a solidariedade num mundo que está "doente de crueldade."
O atual chefe de Estado do Vaticano deixou uma mensagem de esperança a todos, onde defende que “o espírito dos Jogos Olímpicos pode inspirar todos os participantes e espectadores, a terem uma boa prestação”.
Neste sentido, o papa espera que todos tenham o desejo, não só de obter uma medalha, mas, sobretudo, algo mais precioso: “a realização de uma civilização onde existe solidariedade”, num mundo que está “doente de crueldade”.
O pontífice insistiu que "o mundo tem sede de solidariedade, tolerância e reconciliação”. “Nós somos todos membros da família humana, independentemente das diferenças de cultura, cor da pele ou religião"
"Para os brasileiros, que, com a sua alegria e hospitalidade, organizam a Festa do Desporto, eu desejo que isso seja uma oportunidade para superar os momentos difíceis e para construir um país mais justo, mais seguro, apostando num futuro cheio de esperança e alegria", acrescentou o papa.
O chefe de Estado do Vaticano já tinha ‘pintado’ um quadro desolador do mundo, evocando, na semana passada, a sua visita em silêncio ao antigo campo nazi de Auschwitz-Birkenau, onde cerca de 1,1 milhões de pessoas, entre elas um milhão de judeus, foram assassinados durante a Segunda Guerra Mundial.
"No silêncio, rezei por todas as vítimas de violência e da guerra. (...) Olhando para esta crueldade, neste campo de concentração, pensei imediatamente nas crueldades nos dias de hoje não só neste lugar, como em todo o mundo”, terminou o sucessor do papa Bento XVI.
Conteúdo publicado por Sportinforma