Rio 2016

03-08-2016 09:22

Patrícia Mamona, a esperança portuguesa no triplo salto

Campeã europeia em título, a atleta de 27 anos vai participar nos Jogos Olímpicos pela segunda vez na carreira.
patricia_mamona_tripo_salto_londres_2012_533.jpg
Foto: © 2012; NUNO VEIGA

Patrícia Mamona é um ícone do atletismo português

Por André Delgado sapodesporto@sapo.pt

Patrícia Mamona é o grande ícone do atletismo português no triplo salto. Nos últimos campeonatos da Europa em Amesterdão conquistou o seu primeiro título numa prova ao ar livre a nível internacional, resultado que foi o seu melhor de sempre. Alcançou ainda um novo recorde pessoal estabelecido em 14,34m.

O resultado não deixou de surpreendente para a atleta de 27 anos cuja melhor classificação em provas internacionais tinha sido obtida no Campeonato da Europa em 2012, com um 2º lugar.

Para os Jogos Olímpicos as expetativas estão naturalmente altas, contudo, a atleta tem que manter os pés na terra. Na sua primeira participação nos Jogos Olímpicos em Londres 2012, a atleta do Sporting falhou o acesso à final.

Filha de pais angolanos, Patrícia nasceu em Lisboa, mas passou parte da Juventude no Cacém. Em 2001, iniciou a prática de atletismo no JOMA em 2001 e logo na época de estreia venceu o prémio Atleta Completo.

Em 2003 estabeleceu marcas importantes nos 80 metros barreiras (12,19), salto em altura (1,60), salto em comprimento (5,30). Em triplo salto (11,69) e hexatlo bateu o recorde nacional.

Afirmou-se como atleta de nível internacional em 2012, tendo depois feito a marca de 14,52m.


Adversárias nos Jogos

A campeã olímpica Olga RypaKova do Cazaquistão é naturalmente uma adversária a ter em conta na luta pelas medalhas. No último Campeonato do Mundo em 2015 foi terceira classificada. Tem a 4ª melhor marca do ano. Caterine Ibarguen é outra das candidatas ao ouro. A colombiana tem a melhor marca do ano, com 15,04. Também da América do Sul, a colombiana Yulimar Rojas terá certamente uma palavra a dizer na corrida ao pódio. Foi medalha de ouro nos Jogos Sul-Americanos em 2015.

Patrícia Mamona inicia a sua participação nos Jogos no dia 13 de agosto.

Patrícia Mamona: Esperança lusa no triplo salto


Palmarés internacional

- European Championship 2016 - 1º - Triplo Salto: 14,58

- European Championship 2012 - 2º - Triplo Salto

Palmarés a nível nacional

- Campeã de Portugal em 2008, 2009, 2010, 2011, 2012, 2013, 2014 e 2015 (2ª em 2006 e 2007; 3ª no comprimento em 2006)

- Campeã de Portugal em 2012, 2013, 2014, 2015 e 2016

- Campeã nacional sub23 em 2006 (comprimento), 2007 (comprimento/triplo), 2008 (comprimento/triplo), 2009 (100 barreiras/comprimento/triplo) e 2010 (100 barreira/comprimento/triplo)

- Campeã nacional sub-23 (p. cob.) em 2006 (comprimento)

- Campeã nacional de juniores em 2004, 2006 e 2007 (100 barreiras/comprimentos/triplo)

- Campeã nacional de juvenis em 2002, 2003 e 2004 (triplo) e 2005 (100 barreiras/comprimento/triplo)

- Vencedora do Olímpico Jovem em 2002 - inic. (80 barreira/triplo), 2003 - inic. (80 barreira/altura), 2004 - juv. (100 barreira/comprimento) e 2005 - juventude. (100 barreiras)

- Vencedora do Atleta Completo em 2001 (inf.), 2003 (iniciados) e 2005 (juventude).

Patrícia Mamona: Esperança lusa no triplo salto

Conteúdo publicado por Sportinforma