Jogos Olímpicos

04-08-2016 19:11

Cavaleiro brasileiro Rodrigo Pessoa recusa ser suplente

O atleta de 43 anos já conquistou o ouro olímpico em Atenas'2004.
hipismo
Foto: escape

Rodrigo Pessoa não está de acordo com a decisão do treinador

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O cavaleiro brasileiro Rodrigo Pessoa, campeão olímpico em Atenas2004, renunciou hoje ao lugar de suplente que lhe foi oferecido para os Jogos Olímpicos do Rio2016, argumentando não ter qualquer utilidade para a sua equipa nacional nesse papel.
“Não estou de acordo com a decisão do treinador (…). Não mudei de opinião: a única posição em que não poderei dar nenhum contributo é a de suplente”, afirmou o cavaleiro, em declarações ao jornal Folha de São Paulo.
Filho de Nelson Pessoa, cavaleiro que se notabilizou nos anos 1970, Rodrigo Pessoa, de 43 anos, participou em seis edições dos Jogos Olímpicos desde 1992.
Em Atenas, beneficiou da desclassificação do irlandês Cian O´Connor (após um controlo positivo do seu cavalo, Waterford Crystal), para se tornar o primeiro e único cavaleiro brasileiro medalhado em olimpíadas em desportos equestres.
Conteúdo publicado por Sportinforma