Rio2016

04-08-2016 14:18

Comité húngaro afasta dois canoístas por suspeitas de doping

Bence Horvath e Mate Szomolanyi já não viajaram para o Rio de Janeiro e foram substituídos por Peter Molnar e Sandor Totka.
Canoagem
Foto: ESTELA SILVA / LUSA

Canoagem

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O Comité Olímpico da Hungria anunciou hoje que afastou dois canoístas da comitiva magiar para os Jogos Rio2016, por suspeitas de doping.

Bence Horvath e Mate Szomolanyi já não viajaram para o Rio de Janeiro e foram substituídos por Peter Molnar e Sandor Totka.

A nova dupla defenderá as cores da Hungria na especialidade de K2 200 metros, enquanto Molnar também foi selecionado para K1 da mesma distância.

Segundo a Agência Antidopagem da Hungria, Bence Horvath e Mate Szomolanyi terão recorrido a substâncias proibidas, após controlos cujos resultados serão agora enviados para o laboratório de Londres da Agência Mundial Antidopagem (AMA).

Na nota publicada hoje, o Comité Olímpico da Hungria explicou que tomou estas medidas “à luz da informação recebida".

Em julho, Bence Dombvari, vice-campeão mundial pela Hungria em K2 1000 metros, também foi suspenso por doping.

Conteúdo publicado por Sportinforma