Perfil de João Costa

05-08-2016 13:00

João Costa no Rio 2016 para tentar atirar na ‘mouche’

O português é um dos melhores europeus da modalidade e vai enfrentar os ‘pesos pesados’ asiáticos.
João Costa, atirador português
Foto: Lusa

João Costa, atirador português

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

João Costa é o atleta mais velho do contingente ‘luso’ que está nos Jogos Olímpicos, mas está preparado para suplantar todos os jovens na carreira de tiro. O atirador português vai participar nos seus quintos Jogos Olímpicos e quer continuar a melhorar os resultados que teve em edições anteriores.


Nascido em Luanda, o atleta ligado ao Sporting chega ao Rio de Janeiro como campeão da Europa de Tiro com Pistola a 50 Metros e vice-campeão da Europa de Pistola de Ar Comprimido a 10 Metros. Numa modalidade dominada por atletas asiáticos e norte-americanos, o objetivo primário passa por chegar à final.


Nos Jogos Olímpicos deste ano, o português vai participar em duas vertentes de tiro. Para além de Pistola 50 metros, o português vai participar em Pistola de Ar Comprimido 10 metros. As modalidades em que se qualificou não serão surpresas até porque já são habituais na carreira do atirador. Em todas as participações em competições Olímpicas, João Costa esteve nestas categorias.


A experiência de João Costa tem aumentado com os anos e a classificação final também. Depois de uma 27ª posição na estreia nos Jogos Olímpicos de Sidney, o atleta português melhorou dez posições nas duas edições seguintes dos Jogos Olímpicos.


Em Londres’2012, João Costa teve a melhor prestação de sempre na sua carreira olímpica. O 9º lugar em Pistola 50 Metros e o 7º lugar em Pistola Ar Comprimido nos Jogos Olímpicos de Londres foram as melhores prestações. Aos 52 anos, o atirador é um vencedor improvável, mas possível no meio dos ‘pesos pesados’ do Tiro.


Perspetivas


Na quinta participação em Jogos Olímpicos João Costa está preparado para fazer a melhor prestação de todas. Depois de um ano em que foi vice-campeão europeu em Pistola de ar comprimido e campeão europeu em tiro de pistola nos 50 metros, o atleta português chegou ao Rio de Janeiro como um dos melhores atiradores da Europa.


Apesar de ser um dos melhores no ‘velho continente’, João Costa terá de prestar muita atenção aos rivais asiáticos. Com China e Coreia do Sul a dominar o tiro com pistola e o tiro com pistola de ar comprimido, um lugar na final é um bom objetivo para o atirador ‘luso’. A partir daí, estando na final, João Costa tem, como todos, uma hipótese de fazer um brilharete e trazer uma medalha para Portugal.

João Costa,atirador português


Palmarés Olímpico


9º lugar nos Jogos Olímpicos de Londres 2012 Pistola 50 Metros
7º lugar nos Jogos Olímpicos de Londres 2012 Pistola Ar Comprimido 10 Metros
32º lugar nos Jogos Olímpicos de Beijing 2008 Pistola 50 Metros
17º lugar nos Jogos Olímpicos de Beijing 2008 Pistola Ar Comprimido 10 Metros
12º lugar nos Jogos Olímpicos de Atenas 2004 Pistola 50 Metros
17º lugar nos Jogos Olímpico de Atenas 2004 Pistola Ar Comprimido 10 Metros
27º lugar nos Jogos Olímpicos de Sidney 2000 Pistola 50 Metros
7º lugar nos Jogos Olímpicos de Sidney 200 Pistola Ar Comprimido 10 Metros

Conteúdo publicado por Sportinforma