Rio'2016

06-08-2016 10:43

Presidente do COI pede aos atletas para "partilharem sonhos"

Thomas Bach disse que todos os brasileiros podem estar "orgulhosos".
IOC in Malaysia
Foto: Lusa

Thomas Bach, presidente do COI

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O presidente do Comité Olímpico Internacional, Thomas Bach, apelou na sexta-feira, na cerimónia de abertura dos Jogos Rio2016, aos mais de 10.000 atletas para “viverem e partilharem sonhos”.

No seu discurso na cerimónia de sexta-feira, Thomas Bach não escondeu que o mundo “vive tempos de crise e incertezas” e que os Jogos do Rio de Janeiro é uma das melhores respostas. “Esta é a nossa resposta olímpica: 10.000 atletas a viverem juntos, numa Aldeia Olímpica, a partilharem os seus sonhos. Há uma lei universal no mundo olímpico: somos todos iguais”, acrescentou o alemão.

O líder do COI considerou ainda que o Rio de Janeiro transformou-se “numa metrópole moderna” graças aos Jogos Olímpicos, que “serviram de catalisador” para essa evolução.

“Este é o momento de a ‘cidade maravilhosa’. Estes primeiros jogos na América do Sul partirão do Brasil para todo o mundo. Todos os brasileiros podem estar orgulhosos. Conseguiram-no em tempos difíceis no Brasil. Acreditamos em vocês”, referiu Thomas Bach no seu discurso na cerimónia de sexta-feira.

Bach fez questão de elogiar “a paixão pelo desporto e a alegria de viver” dos brasileiros, “que é inspiradora para o COI”. O presidente do COI relembrou que se vive num mundo “em que o egoísmo ganha terreno”, pelo que a resposta olímpica “é dar as boas vidas a uma equipa de refugiados”.

“O movimento olímpico não só tolera a diversidade como se enriquece com ela”, frisou.

Conteúdo publicado por Sportinforma