Rio2016

06-08-2016 20:06

Pelé declinou convite para acender pira olímpica por motivos de saúde

O porta-voz do comité explicou ainda que os organizadores convidaram também João Havelange, antigo presidente da FIFA.
Pelé

Pelé

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O comité organizador dos Jogos Olímpicos Rio2016 esclareceu hoje que o antigo futebolista Pelé foi convidado para acender na sexta-feira a pira no estádio olímpico, mas declinou o convite por motivos de saúde.

“O presidente do comité olímpico brasileiro convidou Pelé, que nos informou que tinha acabado de sair de uma intervenção cirúrgica (...) Optámos por esperar até ao último momento, mas o médico considerou que não devia ir, por precaução”, afirmou Mario Andrada, porta-voz da organização.

Andrada referiu que o “médico entendeu que uma cerimónia tão longa não seria boa para a saúde de Pelé”, acrescentando: “O Pelé não tem de estar presente para ser considerado uma grande personalidade”.

O porta-voz do comité explicou ainda que os organizadores convidaram também João Havelange, antigo presidente da FIFA, que completou recentemente 100 anos, que declinou o convite e não deverá marcar presença em qualquer evento dos Jogos, que terminam a 21 de agosto.

Conteúdo publicado por Sportinforma