Rio'2016

08-08-2016 22:43

João Sousa: "Não consegui vencer apenas por detalhes"

O tenista luso caiu diante do argentino Juan Martin del Potro na segunda ronda.
Rio2016: Ténis: João Sousa
Foto: Lusa

João Sousa lamentou não ter aguentado o ritmo até ao fim

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O tenista português João Sousa assumiu hoje que foram os detalhes que fizeram a diferença na sua derrota com o argentino Juan Martin del Potro e lamentou não ter vencido o seu primeiro encontro num campo “grande”.

“Em muitos momentos, fui superior. Infelizmente, não consegui vencer apenas por detalhes. Penso que joguei um excelente encontro, a um nível altíssimo. Os dois jogámos muito bem, mas caiu para o lado dele. Falta-me vencer um encontro num campo grande e hoje senti que essa oportunidade me escapou por muito pouco”, lamentou.

Por considerar que Juan Martin del Potro, atual 141.º classificado do ‘ranking’, mas antigo número quatro mundial e vencedor do Open dos Estados Unidos em 2009, não foi superior, Sousa assumiu estar triste com a derrota.

“No primeiro ‘set’, tive um ‘break’ acima, não consegui aproveitar, falhei duas bolas por milímetros para fazer o 3-1. Depois, ele jogou bem, eu não consegui manter o ritmo de jogo. No segundo ‘set’, continuei com bom ritmo e quando fiz o ‘break’ ele desceu um bocadinho fisicamente, deixou-se ir e daí o 6-1. No terceiro, foi nos pormenores que ele venceu. Não há muito a dizer”, resumiu o número um nacional.

Visivelmente abatido, o 36.º jogador mundial reconheceu que custa perder quando se fez tudo para vencer o encontro e quando o público da casa estava a seu favor. “Este ambiente foi impressionante. Foi uma experiência única. E não eram portugueses, imaginem se fossem. Este ambiente só foi comparável à Taça Davis em Guimarães, até fiquei com pele de galinha num dos pontos, foi incrível. Infelizmente, houve aquele episódio daqueles rapazes que se desentenderam, mas as pessoas vibraram com o nosso ténis e isso é muito bonito e importante”, destacou.

O tenista português foi hoje eliminado do torneio olímpico do Rio2016, ao perder na segunda ronda com o argentino Juan Martin del Potro, por 6-3, 1-6 e 6-3.

A estreia olímpica do número um nacional e 36.º jogador mundial terminou com a derrota diante do medalhado de bronze de Londres2012, consumada em uma hora e 58 minutos.

Conteúdo publicado por Sportinforma