Rio2016

09-08-2016 07:53

Angola derrota vice-campeão olímpico Montenegro no andebol feminino

As angolanas venceram por 27-25.
Andebol feminino Angola
Foto: ALBERTO MORANTE / EPA

A seleção angolana consolidou a sua candidatura aos quartos de final.

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

A seleção angolana venceu o Montenegro, vice-campeão olímpico, 27-25, e reparte com o também invicto Brasil a liderança do grupo A do torneio feminino de andebol dos Jogos Olímpicos Rio2016, a decorrer na Arena do Futuro.

Depois de na jornada inaugural ter vencido a Roménia, por 23-19, Angola, treinada pelo ex-jogador internacional português Filipe Cruz (que representou o ABC de 1997 a 2002), impôs-se ao Montenegro e consolidou a sua candidatura aos quartos de final.

A Noruega, campeã olímpica, mundial e europeia em título, regressou à normalidade, após a derrota na jornada inaugural do torneio feminino de andebol frente ao anfitrião Brasil, ao vencer a Espanha, por 27-24, na segunda jornada.

Com Veronica Kristiansen em plano de evidência na concretização, ao marcar sete golos, a Noruega impôs-se à medalha de bronze em Londres2012 e vice-campeã europeia em título Espanha, por 27-24, que na primeira jornada tinha vencido a seleção do Montenegro, por 25-19.

O Brasil, campeão mundial em 2013 e sexto classificado nos Jogos Olímpicos Londres2012, somou perante o seu público na Arena do Futuro a segunda vitória no grupo A, frente à Roménia, por 26-23, e segue na liderança, em parceria com a surpreendente Angola.

Com apenas duas jornadas realizadas, e quando faltam ainda disputar três rondas, começam já a perfilar-se as posições no grupo A rumo aos ‘quartos’, ao alcance dos quatro primeiros classificados, já que a Roménia e a vice-campeã olímpica seleção do Montenegro ainda não amealharam qualquer ponto.

Brasil e Angola lideram o grupo A, contando por vitórias os dois jogos realizados, Espanha e Noruega, com um triunfo e uma derrota, seguem nas posições seguintes e Montenegro e Roménia ocupam as últimas duas, ainda sem qualquer ponto.

Na quarta-feira, decorrem os jogos referentes à terceira ronda, com o anfitrião Brasil a defrontar a Espanha, a Roménia o Montenegro e a Noruega a seleção angolana.

No grupo B, a Rússia somou frente à França, por um tangencial 26-25, a sua segunda vitória no torneio, depois de na ronda inaugural ter vencido a Coreia do Sul, por 30-25.

Tal como a Rússia, também a Suécia somou a segunda vitória em dois jogos, ao bater a seleção da Coreia do Sul, por 31-28, depois de na ronda inaugural ter derrotado a Holanda, por 18-14.

As invictas seleções da Suécia e da Rússia ocupam as duas primeiras posições do grupo B, enquanto Holanda e França seguem nos lugares seguintes, com uma vitória e uma derrota, e, por fim, sem qualquer triunfo, estão Coreia do Sul e Argentina.

Os quatro primeiros classificados de cada um dos dois grupos jogam cruzado nos quartos de final, com o primeiro do A a defrontar o quarto do B, o segundo do A o terceiro do B, o terceiro do A o segundo do B e o quarto do A o primeiro do B.

Conteúdo publicado por Sportinforma