Rio2016

09-08-2016 15:35

Azenaide Carlos e a vitória sobre Montenegro: "Sem explicação"

A meia-distância angolana comentou o triunfo sobre as vice-campeãs olímpicas.
Azenaide Carlos
Foto: ERIC FEFERBERG

Azenaide Carlos finalmente feliz depois do fracasso de Londres2012.

Por SAPO Desporto c/ Angop sapodesporto@sapo.pt

Eufórica e ainda a viver o sonho da estreia, a meia-distância Azenaide Carlos afirmou após a vitória sobre o vice-campeão olímpico Montenegro, na noite desta segunda-feira, no Rio de Janeiro, e princípios de terça-feira (em Angola) que está "sem explicação" para justificar o triunfo histórico no Rio2016.

Responsável por três golos dos sete remates tentados, a andebolista do Petro de Luanda reconhece que o resultado foi muito sofrido, mas acrescenta que valeu sempre todo esforço quando se tem um desfecho feliz como sucedeu diante de Montenegro (27-25).

“Não tem explicação. Foi uma grande vitória. Angola está de parabéns”, disse à imprensa no final do encontro disputado na Arena do Futuro, no Rio de Janeiro (Brasil), escusando-se perspetivar o próximo desafio diante da Noruega, campeã olímpica. “Deixem-nos saborear ainda este feito”, concluiu, sorridente.

Nos Jogos Olímpicos de Londres em 2012, Azenaide Carlos foi a melhor marcadora de Angola no desafio, ao fazer sete golos em 10 tentados.

Angola soma duas vitórias seguidas, algo inédito nas participações da equipa angolana em Jogos Olímpicos e para o próprio continente africano. Ocupa o segundo lugar, atrás apenas do anfitrião Brasil, que bateu na mesma jornada a Roménia, por 26-13.

No histórico de quatro partidas entre ambas as seleções, Montenegro ganhou três (26-28, no Mundial2011; 25-30, em Londres2012; 28-38 no Mundial2015) e só perdeu nesta edição do Rio2016, por 27-25, após empate ao intervalo.

Conteúdo publicado por Sportinforma