Rio2016

09-08-2016 15:41

Wuta Dombaxi: "Angola é mais forte unida"

A seleção angolana de andebol feminino derrotou Montenegro nos Jogos Rio2016.
Wuta Dombaxi

Wuta Dombaxi 'explode' de emoção.

Por SAPO Desporto c/ Angop sapodesporto@sapo.pt

Aos pulos e gritos em sinal de satisfação, a polivalente Wuta Dombaxi afirmou, após o triunfo da seleção angolana sobre Montenegro (27-25) no torneio olímpico de andebol Rio2016, que "Angola é mais forte unida" e que esta atitude deve continuar para o sucesso da equipa.

Falando no final do encontro na Arena do Futuro, palco das partidas de andebol deste torneio dos Jogos Olímpicos, a andebolista do 1º de Agosto partilhou a sua alegria com a animada 'torcida' brasileira e expressou todo seu carinho para com aqueles que sempre acreditaram nos valores competitivos das africanas.

"Estou a viver momentos fantásticos aqui no Rio. Angola, nosso povo, unidos somos mais fortes", rematou Wuta Dombaxi, cuja principal força em campo é a garra e determinação na abordagem de ataques contrários e normalmente 'explode' de emoção quando a equipa marca golos ou a guarda-redes angolana defende alguma bola.

Diante da seleção vice-campeã olímpica, Wuta apontou um golo dos nove metros, em dois remates feitos à baliza de Marina Rajcic, durante os 23 minutos e oito segundos em que esteve na quadra. Foi a décima jogadora mais utilizada pelo técnico Filipe Cruz, num desafio em que a pivot Juliana Machado foi a recordista com 53 minutos e 29 segundos.

Angola voltará a entrar em cena na próxima quarta-feira, diante da bi-campeã olímpica Noruega, em partida da terceira jornada do Grupo A do torneio do Rio2016, na Arena do Futuro. As angolanas somaram só vitórias e as norueguesas perderam na estreia diante do Brasil (28-31). Na ronda seguinte, as nórdicas venceram a Espanha (27-24).

Conteúdo publicado por Sportinforma