Rio2016

10-08-2016 10:58

Atletas portugueses querem aproveitar Jogos Olímpicos

Vários atletas portugueses partiram esta quarta-feira rumo ao Rio de Janeiro.
20Km Marcha: Ana Cabecinha
Foto: NUNO VEIGA

Ana Cabecinha quer ser pelo menos finalista.

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

Vários atletas portugueses partiram esta quarta-feira, de Lisboa para o Rio de Janeiro, para participar nos Jogos Olímpicos Rio2016, alguns em estreia absoluta e com o principal objetivo de desfrutar da competição.

"As minhas expectativas são as maiores porque são os meus terceiros Jogos. Já não sou a miúda de 2008, em que foi só para se divertir. A responsabilidade é superior, os resultados têm sido muito bons e isso faz sentir mais garra e emoção para partir para estes jogos", afirmou Ana Cabecinha, que vai participar nos 20 quilómetros marcha.

À partida para o Brasil, Ana Cabecinha não escondeu o desejo de "no mínimo" ser finalista.

"Os jogos são o maior sonho, todos querem lá chegar. O meu sonho é ir aos jogos e lutar por uma medalha, quero estar na minha máxima força, treinei bem, espero que seja o meu dia, para que seja no mínimo finalista. Um diploma olímpico é um sonho de qualquer atleta", vincou a atleta, acrescentando que "o sonho fica mais perto", uma vez que a Rússia não participa.

O também marchador Pedro Isidro mostrou-se expectante quanto à sua participação e embora confirme ter objetivos delineados, não os quis divulgar.

"As minhas expectativas são ótimas, espero chegar lá e que tudo corra bem. Treinei bem, as coisas correram bem, expectativas é que saia algo bom, melhores que saíram em Londres [2012]. Tenho um objetivo, mas não vou dizer. É uma questão de fé, é o que sair, mas tenho boas expectativas", sublinhou.

Já Miguel Nascimento, que se vai estrear nuns Jogos Olímpicos, disse querer aproveitar ao máximo a sua estreia.

"Preparei-me bem para a minha estreia, quero aproveitar ao máximo, ficar a meio da tabela e bater o meu recorde pessoal. É um sonho realizado. Só quem cá está é que sabe", vincou.

Já Vânia Neves, nadadora de águas abertas, não se mostrou incomodada com a poluição presente nas águas brasileiras.

"As minhas expetativas são as melhores, vou estar entre as melhores do mundo e espero que corra tudo bem. Duvido que a água seja tão poluída, mas são coisas que não podemos controlar. Quero acabar a prova com a sensação que tudo correu bem. Temos de ter noção da realidade que está a acontecer", disse.

Partiram também do aeroporto de Lisboa vários canoístas, entre eles Emanuel Silva e Fernando Pimenta, medalhas de prata em Londres2012, enquanto do aeroporto de Sá Carneiro, no Porto, partiram as atletas Dulce Félix e Vanessa Fernandes.

Conteúdo publicado por Sportinforma