Rio2016

10-08-2016 10:26

Canoístas portugueses apontam às finais

Emanuel Silva, Fernando Pimenta e João Ribeiro partiram esta quarta-feira para o Rio de Janeiro.
Canoístas portugueses apontam às finais para depois lutar por medalhas
Foto: PAULO NOVAIS / EPA

Os canoístas vão para o Brasil com o sonho de conquistar medalhas olímpicas.

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

Os canoístas Emanuel Silva, Fernando Pimenta e João Ribeiro partiram esta quarta-feira para o Rio de Janeiro com a ambição de continuar o trabalho feito em Londres2012, apontando às finais, mas com o sonho da conquista de medalhas olímpicas.

"Não existe responsabilidade. Temos provado ao longo dos anos que estamos numa boa ‘maré’ e temos de acreditar que os resultados podem continuar, não vamos sentir pressão, porque fazemos o que mais gostamos, acreditar que é possível lutar pelos lugares da frente, vamos ser realistas. Os resultados falam por si e temos de dar o nosso melhor", afirmou Emanuel Silva, no Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa.

Emanuel Silva já não vai participar com Fernando Pimenta na prova de K2 1000 metros, onde, em 2012, em Londres, conseguiu a medalha de prata, tendo agora como parceiro João Ribeiro, que se vai estrear nos Jogos Olímpicos, algo que considera ser possível.

É uma vantagem [fazer par com João Rodrigues]. Ele tem experiência em Campeonatos do Mundo e da Europa, vai ser novidade nos Jogos e isso só ajuda, pois vai ser motivador, vai haver auto superação, como aconteceu em Londres comigo e com o Fernando Pimenta. Vou tentar ajudá-lo para que dê o melhor e que ele seja bom atleta como é", sublinhou.

O canoísta não escondeu a vontade de conquistar uma medalha no Rio2016: " Sonho todos os dias com uma medalha olímpica, não posso dizer que não sonho com isso, se não, não tinha lógica eu ausentar-me de casa 100 dias no ano. Sonhamos com medalhas, mas com os pés assentes na terra. Já ganhámos e perdemos por 100 milésimos. Eu e o João Rodrigues estamos na calha, chegando à final podem contar que nós vamos lá para ganhar".

Quanto a Fernando Pimenta, que vai competir em K1 e em K4, aí tendo Emanuel Silva como um dos colegas, vincou que se pode esperar o melhor da sua prestação.

"Pode-se esperar o melhor de sempre. A preparação foi muito bem feita, treinei mais e melhor do que nunca, dei o meu melhor para a minha preparação e agora é esperar que tudo aconteça naturalmente, alcançar as finais e aí voltamos todos à linha da partida", afirmou o atleta de Ponte de Lima.

Fernando Pimenta sublinhou que o nível de canoagem está muito alto, mas ainda assim deixou claro que trabalha para conquistar medalhas.

"Cada prova é um aprova, o nível de canoagem está muito alto, a canoagem é feita de pormenores e espero que caíam para nosso favor, para termos bons resultados. A final é um grande objetivo, mas trabalhamos para medalhas, vamos dar o melhor, esperamos representar e orgulhar todos os portugueses", disse.

Pensando em medalhas, Pimenta deixou um elogio a Telma Monteiro, destacando a superação da judoca, que lhe valeu a medalha de bronze no Rio de Janeiro, em -57 kg.

"Foi muito gratificante ver a Telma a conseguir a medalha, uma atleta que foi criticada e é muito bom ver que os atletas se conseguem superar. Procuramos inspiração nos outros, temos de nos apoiar com a equipa portuguesa. Somos 92 atletas, somos uma delegação mais pequena que outras potências, conseguimos estar muito mais unidos", concluiu.

Já João Ribeiro, que se estreia em Jogos Olímpicos, competindo em K2 com Emanuel Silva e em K4, disse estar motivado para alcançar um bom resultado.

"Temos valor, temos ambição, temos de estar nos nossos dias e fazer aquilo que mais bem sabemos fazer. O Emanuel tem experiência de Jogos Olímpicos, juntamos a experiência à minha primeira participação. Vou motivado para fazer um grande resultado", destacou.

Para além dos canoístas, partiram também do aeroporto de Lisboa os marchadores Ana Cabecinha, Pedro Isidro e Miguel Carvalho, a nadadora de águas abertas Vânia Neves.

Já do aeroporto de Sá Carneiro, no Porto, partiram as tletas Dulce Félix e Vanessa Fernandes.

Conteúdo publicado por Sportinforma