Rio2016

10-08-2016 18:52

Empate luso que vale o primeiro lugar do Grupo D

Foi o jogo mais fraco da seleção olímpica portuguesa nesta fase de grupos, que mesmo assim lhe valeu o primeiro lugar do Grupo D do Rio2016. Falta conhecer o adversário para os quartos de final.
Gonçalo Paciência marcou o golo para Portugal em Belo Horizonte
Foto: EPA/YURI EDMUNDO

Gonçalo Paciência marcou o golo para Portugal em Belo Horizonte

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

Já com o apuramento garantido para os quartos de final dos Jogos Olímpicos, a seleção olímpica portuguesa não foi além, esta quarta-feira, de um empate a um golo com a eliminada Argélia, em Belo Horizonte, no Brasil. Com este resultado, e com o empate (1-1) entre as Honduras e a Argentina no outro encontro do Grupo D, Portugal consegue assim o primeiro lugar.

Para o jogo desta tarde, Rui Jorge fez seis alterações. Tiago Ilori e Francisco Ramos entraram para os lugares de Tobias Figueiredo e Sérgio Oliveira (ambos castigados) e Paulo Henrique, Tiago Silva, Pité e Mané nos lugares de Fernando Fonseca, André Martins, Bruno Fernandes e Salvador Agra.

O primeiro golo da partida surgiu para o lado português quando, aos 23 minutos, o árbitro da partida entendeu que que o guarda-redes Methazem derrubou Carlos Mané e assinalou o castigo máximo. Muitos protestos do lado da Argélia, que ficaram inconsoláveis. Na conversão, Gonçalo Paciência converteu com sucesso, com o guardião para um lado e a bola para o outro.

Mas a felicidade lusa foi de pouca-dura. Cinco minutos depois, Benkablia marcou um grande golo no Estádio Minerão, com o argelino a tirar Ilori da frente e a rematar forte e colocado de pé direito, restabelecendo a igualdade.

O jogo foi-se jogando a um ritmo lento até ao apito final num encontro pouco memorável para a equipa de Rui Jorge.

Portugal garante assim o primeiro lugar do Grupo D e vai jogar, este sábado, contra o segundo lugar do Grupo C, em Brasília, às 17 horas de Portugal continental.

Honduras avança com Portugal para os quartos de final, deixando para trás a Argentina.

Conteúdo publicado por Sportinforma