Rio2016

12-08-2016 16:43

Angola perde sem ousadia frente ao Brasil em andebol feminino

As brasileiras triunfaram por 28-24.
Angola perde sem ousadia frente ao Brasil em andebol feminino
Foto: ERIC FEFERBERG

O resultado mantém, provisoriamente, Angola na quarta posição.

Por SAPO Desporto c/ Angop sapodesporto@sapo.pt

A seleção angolana sénior feminina de andebol perdeu esta sexta-feira, na Arena do Futuro, diante do Brasil, num encontro onde teve oportunidade de segurar o jogo, mas o receio de assumir fez as brasileiras acreditarem na vitória (28-24).

Mesmo com um início em vantagem (0-2) das anfitriãs, nos primeiros cinco minutos, o golo de Magda Cazanga, aos três e as intervenções de Cristina Branco na baliza angolana estremeceram as brasileiras. Chegaram a temer.

Na etapa inicial, a superioridade foi angolana, embora a falta de concentração, sobretudo quando abriu vantagem de três golos, tenha contribuído para o crescimento das anfitriãs.

Natália Bernardo esteve imparável nos primeiros 30 minutos, mas foi "bloqueada" no tempo regulamentar, facto que contribuiu para a produção coletiva, já que Azenaide, Isabel Guialo e Albertina Kassoma até tentaram, porém o bloqueio brasileiro funcionou melhor.

Com 13-13 ao intervalo, esperava-se uma segunda parte emocionante, tal como a primeira. Contudo, o que se viu foi a entrada em grande das anfitriãs e a apatia das africanas, que permitiram a fuga no resultado aos 2 minutos.

Desde então, Angola começou a falhar sucessivamente os ataques e a cometer perdas de bola. Essa situação provocou o pedido de tempo de Filipe Cruz para consertar o que estava errado.

As angolanas, por Albertina Kassoma, conseguiram empatar (15-15) apenas uma vez nesta fase do jogo. Em pouco tempo, o Brasil voltou a liderar o resultado e nunca mais se deixou "apanhar", gerindo a marcha a bel-prazer.

Este resultado mantém, provisoriamente, Angola na quarta posição (4) e coloca o Brasil na liderança, com seis pontos, numa altura em que se aguarda pelo fecho da quarta jornada do grupo A da fase preliminar.

Para a fase seguinte apuram-se as quatro melhores equipas de cada série. Angola está um passo da qualificação para os quartos-de-final, bastando que a Roménia perca hoje diante da Espanha.

Conteúdo publicado por Sportinforma