Ro2016/Andebol

12-08-2016 12:43

Campeã olímpica e mundial França já está nos 'quartos'

Franceses foram a primeira de entre as seleções candidatas a assegurar a presença nos quartos de final.
A França é o atual campeão europeu em título de andebol
Foto: ATTILA KISBENEDEK / AFP

Jogadores franceses de andebol comemoram o triunfo

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

A França, campeã olímpica e mundial, venceu hoje a Argentina, por 31-24, e à terceira jornada do torneio de andebol do Rio2016 foi a primeira de entre as seleções candidatas a assegurar a presença nos quartos de final.

Além da seleção gaulesa, que soma por vitórias os três jogos realizados no grupo A, também a invicta seleção da Eslovénia, líder do B, fez o pleno de triunfos, ao bater a vice-campeã olímpica Suécia, por 29-24, que ficou mais longe dos ‘quartos’.

A Croácia, medalha de bronze em Londres2012 e no Europeu2016, venceu a até então invicta Dinamarca, por 27-24, com uma atuação irrepreensível e que lhe permitiu igualar os escandinavos no segundo lugar do grupo A, com quatro pontos.

O Qatar também esteve em evidência, ao recuperar de uma desvantagem de quatro golos a três minutos do fim do encontro, aos 21-25, para arrancar um precioso empate a 25-25 com a Tunísia, no primeiro empate registado no torneio masculino.

Depois de resultados dececionantes na ronda anterior, a Tunísia perdeu com a Dinamarca (31-23) e o Qatar com a França (35-20) – na reedição da final do Mundial2015 ganho pelos gauleses –, as seleções retificaram os erros cometidos e deram espetáculo.

Com duas jornadas ainda por disputar, as contas do grupo A no que toca ao escalonamento rumo aos ‘quartos’ ainda estão em aberto, exceção feita para a Argentina, que tem a sua continuidade em prova presa por um fio.

Disputados três encontros, a Argentina ainda não venceu, dado que perdeu com Dinamarca (25-19), Croácia (27-26) e França (31-24), e quando tem ainda de defrontar a Croácia (sábado) e o Qatar (segunda-feira).

No grupo B, Eslovénia, Polónia e Brasil somaram importantes triunfos, não só no que refere ao escalonamento posicional, como até às definições no que toca às seleções candidatas a falhar, com maior ou menor surpresa, os ‘quartos’.

O Brasil voltou a surpreender e a fazer história, depois de ter vencido na primeira jornada por 34-32 a Polónia, medalha de bronze do Mundial2015, impôs hoje a primeira derrota no torneio à campeã europeia Alemanha (33-30).

A Polónia venceu o Egito, por 33-25, e a Eslovénia derrotou a dececionante vice-campeã olímpica Suécia, por 29-24, que ao fim de três jogos ainda não somou qualquer ponto na fase de grupos e está praticamente fora dos ‘quartos’.

A Eslovénia lidera o grupo com seis pontos, mais dois do que Alemanha (2.º) e Brasil (3.º) e quatro do que a Polónia (4.º). O Egito ocupa a quinta posição, com um ponto, e a vice-campeã olímpica Suécia é inesperadamente sexta, sem pontos.

A quarta jornada do torneio de andebol decorre no sábado com os jogos Croácia-França, Dinamarca-Qatar e Argentina-Tunísia, no grupo A, e Eslovénia-Alemanha, Egito-Brasil e Suécia-Polónia, no B.

Os quatro primeiros classificados de cada um dos dois grupos jogam cruzado nos quartos de final, com o primeiro do A a defrontar o quarto do B, o segundo do A o terceiro do B, o terceiro do A o segundo do B e o quarto do A o primeiro do B.

Conteúdo publicado por Sportinforma