Rio2016

12-08-2016 16:48

Velejadores angolanos ficam pelo caminho

Matias Montinho e Paixão Afonso ficaram na cauda, na quarta bateria das preliminares da prova, disputada por 25 velejadores.
Matias Montinho e Paixão Afonso
Foto: NIC BOTHMA / EPA

Matias Montinho e Paixão Afonso não chegaram à meta.

Por SAPO Desporto c/ Angop sapodesporto@sapo.pt

A dupla angolana Matias Montinho e Paixão Afonso não chegou à meta (DNF) na regata de quinta-feira, na baía Marina da Glória, referente ao torneio olímpico de vela na classe 470.

Os atletas do Clube Naval de Luanda ficaram na cauda, na quarta bateria das preliminares da prova, disputada por 25 velejadores.

Essa regata foi ganha pelos croatas Fantela/Marenic, seguidos pelos franceses Mion/Bouvet, australianos Ryan/Belcher, suecos Bergstrom/Dahlberg, gregos Mantis/Kagialis, britânicos Grube/Patience, suíços Hausser/Brauchli, sul-coreanos JH Kim/CJ Kim e outros.

A classe 470 teve a representação dos campeões angolano Matias Montinho e Paixão Afonso, que se qualificaram em janeiro deste ano na prova realizada na África do Sul.

Conteúdo publicado por Sportinforma