Rio'2016

13-08-2016 21:43

Sara Carmo: "Queria um bocadinho melhor"

A velejadora lusa deixou uma palavra de motivação aos seus colegas no Rio na despedida da prova de vela.
Olympic Games 2012 Sailing
Foto: Lusa

Sara Carmo

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

A velejadora Sara Carmo mostrou-se hoje orgulhosa por ter participado nos seus segundos Jogos Olímpicos no Rio2016, mas reconheceu que gostaria de ter feito melhor do que o 27.º lugar na classe Laser Radial.

"Sinto-me orgulhosa de poder ter participado nos meus segundos Jogos Olímpicos. É sempre um orgulho para mim estar aqui a representar Portugal e ter conseguido pôr a modalidade de Laser Radial aqui presente neste evento. Sinto-me bem. Apesar do resultado ter sido melhor do que em Londres, queria um bocadinho melhor. Mas isso acho que ambicionamos todos: pomos as expetativas altas para conseguirmos evoluir, o que é uma vantagem", defendeu a velejadora de 29 anos.

Reforçando que ter estado nos Jogos Olímpicos pela segunda vez foi muito bom, Sara Carmo assumiu que ter acabado a décima e última regata no ‘top 10’ (foi nona) a encheu de satisfação. "Lutei até ao fim, acho que tive um bom espírito. Depois disto, não sei o que será ou não, porque queremos sempre fazer mais e melhor", disse, deixando a porta entreaberta para Tóquio2020.

No entanto, a presença da velejadora de Cascais, que tinha sido 28.ª em Londres2012, nos próximos Jogos Olímpicos estará dependente dos apoios que consiga reunir. "Às vezes, os nossos sonhos, para se tornarem realidade, precisam de muita ajuda. É preciso outros fatores para conseguir tornar os sonhos reais. Não sei se haverá possibilidade ou não", acrescentou.

Sara Carmo quis ainda deixar uma palavra aos seus colegas, sublinhando que a vela em Portugal não tem nada a invejar a outros países. "Portugal consegue fazer bem, não tem nada inferior a outros países ou, pelo menos, a nossa atitude é uma atitude positiva", concluiu.

Conteúdo publicado por Sportinforma