Rio2016

14-08-2016 09:26

Argentina 'gela' Brasil no basquetebol, Espanha humilha Lituânia

A equipa das 'pampas' venceu por 111-107, após dois prolongamentos, e garantiu os ‘quartos’.
Basquetebol da Argentina 'gela' Brasil
Foto: JORGE ZAPATA / EPA

Os anfitriões dos Jogos Olímpicos estão pendentes da Espanha para continuar em prova.

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

Num jogo de basquetebol memorável, a Argentina venceu no sábado o Brasil por 111-107, após dois prolongamentos, e garantiu os ‘quartos’, enquanto os anfitriões dos Jogos Olímpicos estão pendentes da Espanha para continuar em prova.

O terceiro triunfo dos argentinos no grupo B vale um lugar nos quartos de final, mas o Brasil, com apenas uma vitória, frente à Espanha, fica à espera do que vai fazer a dupla vice-campeã olímpica, que ‘esmagou’ a Lituânia (109-59) e agora defronta a já apurada Argentina.

Facundo Campazzo (33 pontos) e Andrés Nocioni (37), autor do triplo a três segundos do fim que empatou o jogo 85-85 e forçou o prolongamento, foram os heróis da Argentina num duelo sul-americano de qualidade, intensidade e ambiente nas bancadas digno de ficar na história do olimpismo.

O Brasil é orientado por Rubén Magnano, o argentino que levou o seu país ao ouro olímpico em Atenas2004.

A Espanha parece ter encontrado o caminho do êxito e bateu claramente a Lituânia por 109-59, num encontro em que os 23 pontos Pau Gasol o tornaram no terceiro melhor marcador da historia olímpica, agora com 522 pontos, mas ainda longe do brasileiro Oscar Schmidt (1.008) e do australiano Andrew Gaze (789).

Depois de perder 70-72 frente à Croácia e 66-65 ante o Brasil, a Espanha enveredou pelos triunfos e agora depende apenas de si para atingir os quartos de final, com o Brasil na expetativa.

Argentina e Lituânia repartem o comando do grupo, com sete pontos, seguidos da Espanha, com seis, Croácia (menos um jogo) e Brasil, com cinco, e Nigéria (menos um jogo) com três: hoje realiza-se ainda o Croácia-Nigéria.

Segunda-feira, disputam-se o Nigéria-Brasil, Espanha-Argentina e Croácia-Lituânia.

Conteúdo publicado por Sportinforma