Rio2016

14-08-2016 13:59

Domingo decisivo para Angola no andebol feminino

A seleção angolana vai defrontar a Espanha às 23h50 (hora de Luanda).
Domingo decisivo para Angola no andebol feminino
Foto: ERIC FEFERBERG

Angola é quarta posicionada na tabela geral.

Por SAPO Desporto c/ Angop sapodesporto@sapo.pt

A seleção angolana sénior feminina de andebol pode apurar-se pela primeira vez para os quartos-de-final de um torneio olímpico, quando defrontar este domingo a Espanha, às 23h50 (hora de Luanda), na Arena do Futuro, na quinta jornada do grupo A do Rio2016.

Quarta posicionada na tabela geral, Angola jogará com os resultados das partidas dos seus mais diretos concorrentes, pelo que bastará a Roménia, quinta também com quatro pontos, perder frente à Noruega, às 20h40, para que as comandadas de Filipe Cruz confirmem o inédito apuramento.

Neste momento, as duas seleções somam quatro pontos. Outro cenário que favorece Angola (mas põe em perigo Espanha) é o empate, desde que as romenas não vençam as campeãs olímpicas, líderes da série com seis, os mesmos das brasileiras no segundo lugar.

Antes da última jornada, a Espanha estreou-se com vitória sobre Montenegro (25-19), caiu na segunda diante da bi-campeã olímpica Noruega (24-27), bateu o Brasil (29-24) e foi derrotada pela Roménia (21-24). Angola ganhou dois desafios (Roménia, 23-19; Montenegro, 27-25) e perdeu dois (Noruega, 20-30; Brasil, 24-28).

No histórico, as ibéricas levam vantagem. É a segunda vez que se defrontam em Jogos Olímpicos, depois do último em Atenas2004 (24-24). Noutros encontros, Angola foi incapaz de travar a Espanha e sucumbiu nos Mundiais de 1993 (15-21) e 2001 (28-29).

Ainda para o mesmo grupo, o Brasil recebe Montenegro, lanterna vermelha com zero pontos, e busca o primeiro lugar, às 9h30 (13h30 em Angola), enquanto às 20h40 será a vez da Noruega decidir a retomada ou não da liderança do grupo, diante da Roménia. Os únicos apurados, por enquanto, são a Noruega e o Brasil. Restam mais dois.

Por sua vez, na série B, o dia reserva Suécia-França; Holanda-Rússia e Argentina-Coreia do Sul. Há quatro seleções qualificadas (Rússia, 8 pontos; França, 6; Suécia, 5; e Holanda, 4). Estará em disputa o reposicionamento na tabela, já que Coreia do Sul (1 ponto) e Argentina (0) cumprem calendário.

Conteúdo publicado por Sportinforma