Rio2016

14-08-2016 09:37

Luciana Diniz quer concretizar sonho de criança

A cavaleira portuguesa vai competir nos saltos do Jogos Olímpicos Rio2016.
Luciana Diniz
Foto: ROBIN UTRECHT / EPA

Luciana Diniz, cavaleira portuguesa.

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

A cavaleira portuguesa Luciana Diniz falou no sábado do sonho de criança que a leva a querer conquistar uma medalha nos saltos do Jogos Olímpicos Rio2016, que são ainda mais especiais por decorrerem no país onde nasceu.

"Como todo o atleta que está aqui nós temos um sonho claro de ganhar uma medalha e esse é um sonho que eu carrego comigo desde pequenininha. Claro que no dia, naquela hora, naquele momento, conta tudo: a sorte do dia, o cavalo estar bem, eu estar bem, mas eu acho que estou na melhor fase da minha vida, na melhor fase do meu desporto, na melhor fase da minha carreira. Conto com o melhor para poder trazer uma medalha para o meu país. É um sonho e eu vou lutar por esse sonho", prometeu.

Luciana Diniz garantiu que ela e a sua companheira na competição de saltos de obstáculos estão preparadas para iniciar a sua aventura: "A minha égua "Fit for fun" e eu estamos ambas "Fit for fun" e amanhã [domingo] às 10:00 [14:00 em Lisboa] começamos a nossa competição e estamos afinadas e em sintonia".

"Como vocês disseram, esta é uma competição muito especial para mim. Por ser no Rio de Janeiro, no país e na cidade onde eu cresci e saltei muitos anos da minha vida e onde ganhei muitos torneios. Depois por ser portuguesa, que é uma honra para mim. Cada vez que falo disso fico arrepiada. Há pouco tempo contámos a história sobre o meu avô [era português] na Olympic TV e por isso estar aqui é uma coisa indescritível. Todos os dias eu estou feliz aqui", confessou.

A cavaleira, que foi 17.ª no concurso de saltos em Londres2012, rejeitou que sinta pressão de para conseguir um bom resultado em ‘casa', preferindo definir o sentimento como "borboletas na barriga".

"Mas eu acho que a pressão é necessária e ela dá-nos força para conseguirmos energia e nós precisamos dessa energia para darmos o nosso melhor. A pressão é boa, faz-nos andar para a frente, faz-nos lutar pelos nossos sonhos e dar o nosso melhor na hora certa", observou.

Luciana Diniz garantiu que não tem qualquer vontade de superar as competidoras brasileiras, sublinhando que a sua vontade (e a da sua égua) é apenas dar o melhor e chegar à final.

"Aí já está escrito, Deus sabe o que faz", acrescentou.

Conteúdo publicado por Sportinforma