Rio2016

14-08-2016 11:46

Vanessa Fernandes quer voltar como participante em Tóquio2020

A atleta portuguesa está nos Jogos Olímpicos Rio2016 como suplente para a prova da maratona feminina.
Vanessa Fernandes
Foto: ESTELA SILVA / LUSA

Vanessa Fernandes, atleta portuguesa.

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

A atleta portuguesa Vanessa Fernandes, que está nos Jogos Olímpicos Rio2016 como suplente para a prova da maratona feminina, afirmou que quer voltar como participante, já dentro de quatro anos, em Tóquio2020.

“Voltar como participante? Claro que sim. É por isso que eu estou aqui. Isto acaba por ser uma inspiração para mim, acaba por ser um sinal e uma porta que eu agarro com muita força para estar daqui a quatro anos com mérito, mas para competir, mesmo”, afirmou Vanessa Fernandes.

A atleta do Benfica conseguiu os mínimos para a maratona, mas Sara Moreira, Jéssica Augusto e Dulce Félix foram as escolhidas, pelo que a medalha de prata no triatlo, em Pequim2008, não vai correr no Rio de Janeiro.

“Estar aqui é quase como se fosse a primeira vez, sinceramente. Não é, mas é de um forma completamente diferente do que foi há oito anos. Acho que acabo por dar muito mais valor ao que conquistei. Na altura, acho que não dei tanto valor. Foi apenas o conquistar a medalha e o realizar aquilo que tinha como objetivo”, explicou.

Ainda não era tempo de regressar: “Se poderia estar como atleta? Na maratona era complicadíssimo, com as nossas maratonistas. Era muito difícil mesmo. Por isso, não vou meter as coisas nesse patamar”.

“Só fiz uma experiência na maratona. Por acaso, correu bem. Elas são referências que eu tenho para atingir um patamar que eu quero um dia mais tarde”, prosseguiu.

Vanessa Fernandes espera muito das três representantes portuguesas: “Acima de tudo, vão dar o melhor delas. Não temos dúvidas que são das melhores maratonistas, a nível europeu e mundial. Temos uma qualidade suprema nesse aspeto”.

“O que esperamos dela é tudo e é o máximo que elas podem dar. Eu acredito num bom resultado de qualquer uma delas. Vamos esperar para ver”, disse.

Aos representantes lusos no triatlo (João Silva, João Pereira e Miguel Arraiolos), Vanessa Fernandes pede que “sejam inteligentes a competir, que marquem aqueles que pensam que podem fazer a diferença na prova e que acreditem que tudo é possível naquele dia”.

“Um dia nos Jogos Olímpicos, não é um dia normal. Nem sempre os favoritos ganham e, às vezes, existem surpresas. Eles já nos habituaram que são dos melhores do Mundo. Tudo pode acontecer e acredito que consigam um bom resultado”, finalizou.

Conteúdo publicado por Sportinforma