Rio2016

18-08-2016 10:21

Cristina Branco será porta-bandeira de Angola no encerramento dos Jogos

A guarda-redes da seleção de andebol cumpre a sua terceira olimpíada.
Cristina Branco
Foto: HENRI CELSO

Cristina Branco, guarda-redes do 1º de Agosto e da seleção angolana.

Por SAPO Desporto c/ Angop sapodesporto@sapo.pt

A guarda-redes da seleção de andebol Cristina Branco será a porta-bandeira da Missão Angolana aos Jogos do Rio2016, marcada para o próximo dia 21, informou à Angop fonte oficial.

De acordo com o Chefe da Missão, o vice-presidente do COA Mário Rosa, a atleta vai desfilar com o fato oficial da caravana, ao contrário da cerimónia inaugural em que a porta-bandeira angolana vestiu um traje da região sul (Cunene) do país.

Cristina Direito Branco, guarda redes do 1º de Agosto, cumpre a sua terceira olimpíada. Esteve em Pequim 2008 e Londres 2012. No Rio de Janeiro disputou quatro jogos. Uma contusão cervical afastou-a dos últimos dois encontros (Espanha e Rússia).

A andebolista substitui a sua colega de equipa Luísa Kiala, que abriu o desfile de abertura deste evento, no passado dia 5.

A delegação de Angola, que trouxe 25 atletas e mais uma suplente (no andebol) concluiu terça-feira a sua participação nos Jogos Olímpicos que decorrem pela primeira vez num país lusófono.

Desfilaram pelos recintos olímpicos do Rio de Janeiro atletas angolanos no remo, vela, tiro, judo, natação, atletismo e andebol feminino.

Destacam-se como resultados desportivos o apuramento pela primeira vez aos quartos de final do torneio de andebol feminino, além de um novo recorde nacional nos 100 metros livres através de Ana Nobrega.

Conteúdo publicado por Sportinforma