Rio'2016

18-08-2016 10:23

EUA fazem 'dobradinha' no comprimento, com Bartoletta e Reese

Apenas dois centímetros separaram o ouro da prata na prova do salto em comprimento feminino.
EUA fazem 'dobradinha' no comprimento, com Bartoletta e Reese
Foto: EPA/BERND THISSEN

Tianna Bartoletta celebra a vitória no salto em comprimento no Rio de Janeiro.

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

Os Estados Unidos conseguiram hoje ouro e prata na final do salto em comprimento feminino dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, através de Tianna Bartoletta e Britney Reese, com a medalha de bronze a ficar na posse da sérvia Ivana Spanovic.

Numa final com constantes alterações nos lugares de pódio, foi de apenas dois centímetros a diferença entre o ouro de Bartoletta (7,17 metros), a campeã do mundo de 2005 e 2015, e a prata Reese (7,15), que se despede do título olímpico que ostentava desde Londres2012.

Spanovic conseguiu, com 7,08, um novo recorde da Sérvia, enquanto Darya Klischina, única russa autorizada a competir nos Jogos, não foi além do nono lugar.

Conteúdo publicado por Sportinforma