Rio'2016

19-08-2016 08:08

China e Sérvia na final feminina de voleibol

A final disputa-se no sábado às 22:15.
Yuan Xinyue em ação pela China nos Jogos Olímpicos
Foto: EPA/MICHAEL REYNOLDS

Yuan Xinyue em ação pela China contra a Holanda

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

China e Sérvia vão disputar no sábado, no Rio de Janeiro, uma inédita final olímpica de voleibol feminino, com as asiáticas a procurarem o terceiro título e as europeias certas da sua primeira medalha.

Depois de afastar o Brasil, bicampeã olímpico, no seu próprio terreno, a China, campeã em Los Angeles1984 e Atenas2004, eliminou a Holanda, estreante em meias-finais, impondo-se por 3-1, com os parciais de 27-25, 23-25, 29-27 e 25-23, em uma hora e 55 minutos.

O ponto-chave foi o terceiro parcial, no qua as holandesas iniciaram com promissor 6-0, mas depois permitiram a recuperação, desperdiçaram duas bolas de 'set' e acabaram por perder.

Pela primeira vez nas meias-finais, a Sérvia, surpreendeu ao afastar a dupla vice-campeã olímpica e até agora invicta seleção dos Estados Unidos, vencendo por 3-2, e garantiu a presença na final dos Jogos Rio2016.

A surpreendente seleção sérvia, que se qualificou pela primeira vez para uma final olímpica, ganhou com os parciais de 20-25, 25-17, 25-21, 16-25 e 15-13, numa partida emocionante em que recuperou de uma desvantagem de três pontos (8-11) na ‘negra’.

Depois de ter vencido a Sérvia na fase de grupos, por 3-1, a seleção dos Estados Unidos, vice-campeã olímpica, campeã mundial em título e medalha de prata no World Grand Prix de 2016, era apontada como favorita e a principal candidata, após a eliminação do campeão Brasil, ao ouro no Rio2016.

A final disputa-se no sábado, às 22:15 (02:15 de domingo em Lisboa), enquanto o jogo da medalha de bronze, entre Estados Unidos e Holanda, está marcado para as 17:00 (21:00).

Conteúdo publicado por Sportinforma