Rio2016

26-08-2016 15:16

Seleção feminina de andebol de Angola já regressou ao país

A formação angolana regressou a meio da manhã desta sexta-feira ao país, com o inédito oitavo lugar na "bagagem".
Seleção feminina de andebol de Angola
Foto: CEDIDA POR MARCOS ALCÂNTARA

A seleção angolana conseguiu o melhor resultado de sempre em Jogos Olímpicos.

Por SAPO Desporto c/ Angop sapodesporto@sapo.pt

A seleção sénior feminina de andebol de Angola, que obteve o 8º lugar nos Jogos Olímpicos do Rio'2016, de 5 a 21 deste mês, regressou a meio da manhã desta sexta-feira ao país, com o inédito oitavo lugar na "bagagem".

Com chegada no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, em Luanda, juntamente com membros do Comité Olímpico Angolano, o grupo foi recebido pelo presidente da Federação Angolana de Andebol, Pedro Godinho, que na ocasião disse que a participação da seleção ultrapassou as expectativas.

"A participação da seleção angolana sénior feminina de andebol, no Rio2016, ultrapassou as expectativas porque defrontámos e vencemos a atual vice-campeã olímpica e a terceira classificada do último campeonato do mundo", frisou.

Pedro Godinho lembrou as contrariedades por que passou a seleção no decurso da preparação, dizendo que "não foi possível fazermos a preparação planificada, daí a impossibilidade de potenciar a seleção com os jogos necessários, e nem foi possível concentrar o grupo atempadamente, mas ainda assim conseguimos passar para os quartos-de-final, tornando-nos na primeira equipa africana a conseguir este feito", reiterou.

De acordo com o responsável, a classificação alcançada é resultado de uma campanha que começou em 2014, quando Angola perdeu o título continental na Argélia, porque havia a consciência de que aquele título não era qualificativo aos Jogos Olímpicos.

Chefiou a missão aos jogos do Rio2016 o vice-presidente do Comité Olímpico Angolano, Mário Rosa de Almeida. Angola esteve representada pelas modalidades de remo, vela, tiro, judo, natação, atletismo e andebol feminino.

O apuramento pela primeira vez aos quartos-de-final do torneio de andebol e um novo recorde nacional nos 100 metros livres, através da nadadora Ana Nóbrega, foram os resultados de realce da comitiva angolana.

Conteúdo publicado por Sportinforma