Atletismo

22-03-2017 11:28

Federação russa denuncia 'doping' de três atletas nos JO de Londres 2012

Atletas do lançamento do martelo e do triplo salto não chegaram ao pódio na competição em terras britânicas.
Doping
Foto: SAPO Desporto

Atletas russas acusaram 'doping' nas reanálises feitas nos Jogos Olímpicos de Londres

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

A Federação russa de atletismo revelou esta quarta-feira que três atletas russas foram desqualificadas, com efeitos retroativos, devido ao facto de terem acusado ‘doping’ nas reanálises feitas aos testes nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012.

As atletas são as lançadoras de martelo Maria Bespalova e Gulfiya Khanafeeva, com testes positivos, bem como Viktoria Valyukevich, do triplo salto, nuns Jogos em que nenhuma delas chegou ao pódio.

No lançamento do martelo, a também russa Tatyana Lysenko, tinha sido a campeã olímpica, com 78,18 metros, novo recorde olímpico, mas foi desclassificada quatro anos mais tarde após a reanálise do seu teste antidoping acusar o uso de turinabol.

No triplo salto, Valyukevich foi oitava, duas posições acima da sua compatriota Tatyana Lebedeva, atleta igualmente com histórico de ‘doping’, que levou a que lhe retirassem as duas medalhas conquistadas nos Jogos de Pequim2008.

Em relação à denúncia de hoje das três russas, a Federação não revelou quais as substâncias envolvidas e o Comité Olímpico Internacional (COI) ainda não fez quaisquer comentários.

Conteúdo publicado por Sportinforma