Rio'2016

07-09-2016 20:20

António Costa diz que Jogos Paralímpicos são "desafio à humanidade"

O primeiro-ministro português estará presente hoje na cerimónia de abertura da prova.
Primeiro ministro António Costa visita o Brasil
Foto: Lusa

O primeiro ministro português, António Costa

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O primeiro-ministro considerou hoje que os Jogos Paralímpicos, cuja cerimónia de abertura se realiza hoje no Rio de Janeiro, são "o maior desafio à humanidade" para a criação de uma sociedade inclusiva e "sem preconceitos".

António Costa, que estará presente na cerimónia de abertura dos Jogos Paralímpicos, falava aos jornalistas tendo ao seu lado os secretários de Estado da Inclusão, Ana Sofia Antunes, e do Desporto e Juventude, João Paulo Rebelo.

Numa referência à concertação de agendas que faz com o Palácio de Belém, o primeiro-ministro referiu que ao Presidente da República coube a representação institucional de Portugal na cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em agosto passado, enquanto consigo ficou a cerimónia dos Jogos Paralímpicos, que arrancam precisamente no dia feriado comemorativo da independência do Brasil.

"Os Jogos Paralímpicos são o maior desafio que se coloca à humanidade, porque não é só o objetivo de cada um superar-se a si próprio, como, sobretudo todos nós, no conjunto da sociedade, nos superarmos relativamente ao preconceito e ao trabalho que temos de fazer para termos uma sociedade inclusiva. Uma sociedade em que todos possam viver e realizar-se plenamente", declarou o primeiro-ministro.

António Costa classificou depois os Jogos Paralímpicos como sendo "competições da mais alta importância e em que Portugal estará presente com 37 atletas em sete diferentes modalidades".

Na quinta-feira, último dos seus quatro dias de visita ao Brasil, o primeiro-ministro visita a aldeia olímpica e encontra-se com os atletas nacionais.

Conteúdo publicado por Sportinforma