Rio'2016

08-09-2016 17:16

Judoca Miguel Vieira afastado na primeira ronda

O judoca português fez ainda assim um balanço positivo da sua estreia em Jogos Paralímpicos.
Judo
Foto: YASUYOSHI CHIBA / AFP

O judoca de 31 anos saiu magoado no ombro

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O judoca Miguel Vieira foi hoje afastado na primeira ronda do torneio de judo para cegos dos Jogos Paralímpicos Rio2016, na categoria de -66kg, depois de ter desistido, por lesão, no combate com o brasileiro Halyson Boto.

"Depois de um ataque que não foi bem conseguido, ele conseguiu responder e estava a ‘estrangular-me’ o ombro. Fui obrigado a desistir", explicou Miguel Vieira, que entrará para a história como o primeiro judoca português a competir em Jogos Paralímpicos.

Apesar da derrota, frente ao 26.º do ‘ranking’ mundial, Miguel Vieira, que ocupa a 20.ª posição na mesma hierarquia, fez um balanço positivo da sua estreia paralímpica. "Foi muito bom, há sempre uma emoção única na estreia. Este combate vai ficar para sempre na minha mente", disse, acrescentando: "Terminou este combate, perdi! Agora tenho de continuar a lutar".

O judoca português entrou bem no combate, ao qual assistiu o Primeiro-Ministro português, António Costa, e assumiu que o seu objetivo passava por cansar o adversário, para tentar baixar o ritmo. "O meu objetivo era cansá-lo o máximo possível e estava a conseguir, já tinha baixado o ritmo, mas ele acabou por ganhar e ganhou bem" disse o judoca, de 31 anos, admitindo que vai lutar para marcar presença nos Jogos Paralímpicos de Tóquio2020.

Miguel Vieira, cego total, agradeceu todo o apoio que lhe tem sido dado pelo treinador, Jerónimo Ferreira, e pelo seu companheiro de competição, Nuno Ferreira, não esquecendo, naturalmente, a família, em especial os dois filhos, e os amigos.

Também o treinador admitiu que Miguel Vieira entrou muito bem no combate, disputado na Arena Carioca 3 do Parque Olímpico do Rio de Janeiro, "conseguindo anular o adversário", explicando depois a desistência. "O outro estava-lhe a fazer um estrangulamento e estava a fazer grande pressão no ombro, que ainda está um pouco magoado", disse.

Além do judo, Portugal vai estrear-se nos Jogos Paralímpicos Rio2016 na modalidade de tiro, na qual estará representado por Adelino Rocha. Portugal está representado na competição, que termina a 18 de setembro, por 37 atletas, que competem em sete modalidades.

Conteúdo publicado por Sportinforma