Jogos Paralímpicos

11-09-2016 23:15

Portugal na luta pelo bronze no boccia em equipas BC1/BC2

Os atletas portugueses vão lutar com a Argentina nesta segunda-feira pela medalha de bronze.
Boccia
Foto: Desporto

Portugal mantém a tradição no boccia

Por SAPO esporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

Portugal garantiu hoje presença na luta pela medalha de bronze na prova de boccia em equipas BC1/BC2, nos Jogos Paralímpicos Rio2016, num encontro em que irá defrontar a Argentina.

Na luta por um lugar no pódio, a equipa portuguesa - composta por Abílio Valente, António Marques, Cristina Gonçalves e Fernando Ferreira – vai jogar na segunda-feira às 12:20 locais (16:20 em Lisboa) com uma formação pela qual já foi derrotada no Rio de Janeiro.

Depois de na primeira fase ter perdido com a Argentina por 7-1 e de ter vencido a Eslováquia por 12-1 e o Brasil por 6-5, a equipa portuguesa foi hoje derrotada nas meias-finais pelo Japão por 8-5.

No sábado, o par BC4, que integrou os atletas Pedro Clara, Carla Oliveira e Domingos Vieira, perdeu com Hong Kong por 6-2 e com a Grã-Bretanha por 11-4, tendo hoje sido derrotada pela Eslováquia por 8-4.

Em pares BC3, variante na qual os atletas lusos conquistaram uma medalha de prata em Londres2012, Portugal foi afastado da competição depois de ter somado uma vitória frente à Grã-Bretanha e duas derrotas, perante Singapura (5-1) e Grécia (5-2).

O boccia é uma modalidade exclusiva dos Jogos Paralímpicos, destinada a atletas com deficiência motora - paralisia cerebral em cadeira de rodas ou doenças neuromusculares -, podendo ser disputado individualmente, em pares ou por equipas de três elementos, sem divisão por sexos.

Na modalidade, designada pelas iniciais BC, os atletas são divididos em quatro classes, numeradas de 1 a 4. As classes 1 e 2 são destinadas a atletas que jogam com a mão ou com o pé, a 3 agrupa os atletas que jogam com calhas e a 4 os praticantes que sofrem de doenças neuromusculares.

Conteúdo publicado por Sportinforma