Jogos Paralímpicos

15-09-2016 22:59

Portugal na luta por duas medalhas de bronze no boccia

Ambas as competições têm início marcado para as 10:00 locais (14:00 em Lisboa), na Arena Carioca 2, no Parque Olímpico do Rio de Janeiro.
Londres: Jogos Paralímpicos2012
Foto: Lusa

Portugal na luta por duas medalhas de bronze no boccia

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

Portugal vai disputar na sexta-feira duas medalhas de bronze nas competições individuais de boccia dos Jogos Paralímpicos Rio2016, representado pelos atletas José Macedo e António Marques.

No jogo para atribuição da medalha de bronze da classe BC3, José Macedo vai defrontar o sul-coreano Han Soo Kim, curiosamente o jogador contra o qual há quatro anos conquistou o bronze nos Jogos Londres2012.

Na categoria BC1, António Marques, que soma no Rio de Janeiro a sua sétima participação em Jogos Paralímpicos, vai lutar pelo bronze com Jong Yoo, também da Coreia do Sul.

Ambas as competições têm início marcado para as 10:00 locais (14:00 em Lisboa), na Arena Carioca 2, no Parque Olímpico do Rio de Janeiro.

António Marques perdeu hoje o acesso à final ao ser derrotado nas meias-finais pelo holandês Daniel Perez, por 8-1, depois de nos ‘quartos’ se ter imposto ao brasileiro José Carlos Chagas por 4-3.

José Macedo, que nas meias-finais foi derrotado pelo sul-coreano Ho Won Jeong por 6-1, tinha antes derrotado a sueca Maria Bjurstroem, atual campeã mundial, por 7-0.

Em BC4, Pedro Clara perdeu nos ‘quartos’ por 5-2 com o sul-coreano Hyeonseok Seo, e em BC3, na mesma fase, Abílio Valente foi derrotado, por 12-1, pelo tailandês Worawut Saengampa.

Helena Bastos, a selecionadora portuguesa de boccia, não quer fazer prognósticos para os jogos de sexta-feira, mas afirma: “Se Deus quiser, podemos sair daqui com mais duas medalhas".

"O José Macedo e o sul-coreano com o qual vai jogar conhecem-se muito bem e acredito que o nosso jogador possa vencer", disse a responsável, acrescentando que "se a lógica imperar" António Marques também poderá "ganhar ao coreano".

António Marques já conquistou uma medalha de bronze nos Jogos Paralímpicos Rio2016, pois integrou, juntamente com Abílio Valente, Cristina Gonçalves e Fernando Ferreira, a equipa BC1/BC2 que, na segunda-feira, derrotou a Argentina no jogo de atribuição do terceiro e quarto lugares.

O boccia é uma modalidade exclusiva dos Jogos Paralímpicos, que consiste em lançar bolas tentando deixá-las o mais perto possível de uma bola alvo, e é destinada a atletas com deficiência motora - paralisia cerebral em cadeira de rodas ou doenças neuromusculares -, que pode ser disputada individualmente, em pares ou por equipas de três elementos, sem divisão por género.

Na modalidade, designada pelas iniciais BC, os atletas são divididos em quatro classes, numeradas de 1 a 4. As classes 1 e 2 são destinadas a atletas que jogam com a mão ou com o pé, a 3 agrupa os atletas que jogam com calhas, e a 4 os praticantes que sofrem de doenças neuromusculares.

Além da medalha conseguida no boccia por equipas, Portugal já conquistou no Rio de Janeiro outra medalha de bronze, por intermédio de Luís Gonçalves nos 400 metros T12 (deficiência visual).

Conteúdo publicado por Sportinforma