Paralímpicos2016/Boccia

15-09-2016 07:14

Portugal representado nos quatro torneios individuais

O boccia é uma modalidade exclusiva dos Jogos Paralímpicos.
José Macedo

José Macedo em Londres2012

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

Portugal vai estar representado nos quartos de final de todas as categorias das competições individuais de boccia dos Jogos Paralímpicos Rio2016, depois de na quarta-feira quatro dos sete atletas lusos em prova terem garantido o apuramento.

Na quinta-feira, vão estar em competição na Arena Carioca 2, no Parque Olímpico do Rio de Janeiro, António Marques, em BC1, Abílio Valente, em BC2, José Macedo, em BC3, e Pedro Clara, na categoria BC4.

Os atletas portugueses iniciam as partidas dos quartos de final às 11:30 (15:30 em Lisboa) e, caso se qualifiquem, jogam as "meias" a partir das 16:00 (20:00 em Lisboa).

Hoje, pelo caminho no torneio individual ficaram Domingos Vieira, no BC4, Cristina Gonçalves no BC2, e Armando Costa no BC3.

Portugal conquistou na segunda-feira uma medalha de bronze na competição por equipas BC1/BC2, com os atletas Abílio Valente, António Marques, Cristina Gonçalves e Fernando Ferreira a imporem-se à Argentina por 6-2.

O boccia é uma modalidade exclusiva dos Jogos Paralímpicos, que consiste em lançar bolas tentando deixá-las o mais perto possível de uma bola alvo, e é destinada a atletas com deficiência motora - paralisia cerebral em cadeira de rodas ou doenças neuromusculares -, que pode ser disputada individualmente, em pares ou por equipas de três elementos, sem divisão por género.

Na modalidade, designada pelas iniciais BC, os atletas são divididos em quatro classes, numeradas de 1 a 4. As classes 1 e 2 são destinadas a atletas que jogam com a mão ou com o pé, a 3 agrupa os atletas que jogam com calhas, e a 4 os praticantes que sofrem de doenças neuromusculares.

Conteúdo publicado por Sportinforma