Paralímpicos2016

16-09-2016 21:58

Miguel Monteiro foi 5.º no lançamento do peso

Na prova de ciclismo de estrada, Telmo Pinão (deficiência motora), que corre na classe C2, terminou na 22.ª posição da geral, sexta da sua categoria.
Jogos Paralímpicos

Jogos Paralímpicos

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O atleta português Miguel Monteiro terminou hoje na quinta posição a final do lançamento do peso da classe F40 dos Jogos Paralímpicos Rio2016, com novo recorde pessoal.

Miguel Monteiro, que tem nanismo, fez o seu melhor lançamento a 8,89 metros, numa prova ganha pelo iraquiano Garrah Tnaiash, com a marca de 10,75, na qual chinês Zhenyu (10,10) arrecadou a prata, e o tunisino Smaali Bouaabid (9,44) o bronze.

No final da prova, Miguel Monteiro mostrou-se "satisfeito" e com o sentido de missão cumprida, admitindo que agora quer começar a pensar nos Jogos de Tóquio2020.

"Agora, é continuar a trabalhar para Tóquio. O objetivo, para já, é superar os nove metros e, depois, é sempre a pensar em mais", disse.

Na prova de ciclismo de estrada, Telmo Pinão (deficiência motora), que corre na classe C2, terminou na 22.ª posição da geral, sexta da sua categoria.

Num evento que juntou ciclistas das classes C1, C2 e C3, que utilizam bicicletas normais que podem ser modificadas, Telmo Pinão percorreu os 71,7 quilómetros em 1:58.55 horas, a 9.44 minutos do alemão Steffen Warias (C3), que venceu ao ‘sprint'.

Para Portugal, o nono dia de competição fica marcado pela conquista da terceira medalha de bronze nos Jogos Rio2016, conseguida por José Macedo no torneio individual de boccia BC3.

O bronze de José Macedo, que repetiu o resultado de Londres2012, Portugal junta-se ao conseguido pela equipa de boccia BC1/BC2 e pelo atleta Luís Gonçalves nos 400 metros T12 (deficiência visual).

Conteúdo publicado por Sportinforma