Natação

01-04-2015 21:05

Nacionais de natação arrancam com mínimo para os Mundiais de juniores

Alexandre Coutinho, da Columbófila Cantanhedense, garantiu um lugar para os Mundiais de setembro, em Singapura, ao cumprir os 1.500 metros em 15.48,60 minutos.
Natação

Natação

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O arranque dos nacionais de natação em Coimbra ficou marcado pelos mínimos de Alexandre Coutinho para os Mundiais de juniores e o recorde nacional de juvenis A dos 4x200 metros livre femininos, conseguido pelo FC Porto.

Alexandre Coutinho, da Columbófila Cantanhedense, garantiu um lugar para os Mundiais de setembro, em Singapura, ao cumprir os 1.500 metros em 15.48,60 minutos, 1,4 segundos abaixo dos mínimos exigidos.

“Depois dos resultados no Open de Espanha, senti que podia fazer melhor. A minha estratégia era ir com o Rafael Gil e não deixá-lo fugir. E assim foi até aos 1.100 metros. Percebi que ele não estava tão forte e passei a controlar a prova. Na parte final decidi atacar para a vitória e consegui os mínimos para os Mundiais de juniores”, congratulou-se.

O Centro Olímpico de Piscinas de Coimbra assistiu a um recorde nacional, o do FC Porto em juvenis A nos 4x200, agora fixado por Maria Francisca Cabral, Marta Canedo, Joana Pereira e Ana Faria em 8.55,49, superando o anterior máximo nacional de 9.01,51 do Sporting.

Sagraram-se ainda campeões absolutos Angélica André (Fluvial Portuense) nos 800 m livre, João Gigante (Estrelas S. João de Brito) e Ana Catarina Monteiro (Fluvial Vilacondense) nos 50 m, mariposa, Filipe Ramos (Fluvial Vilacondense) e Ana Rodrigues (Estamos Juntos) nos 100 m bruços, Pedro Oliveira (Estrelas S. João de Brito) e Ana Leite (Ginásio Vila Real) nos 50 m costas.

Conteúdo publicado por Sportinforma