Superbike

05-06-2015 19:38

Miguel Praia no 17.º lugar nos treinos livres em Portimão

Praia é o único português a competir durante o fim de semana no circuito algarvio.
Miguel Praia em ação no Algarve
Foto: MARIO CRUZ/LUSA

Miguel Praia em ação no Algarve

Por SAPO Desporto sapodesporto@sapo.pt

O piloto português Miguel Praia (Honda) fez hoje o 17.º tempo nos treinos livres na categoria Supersport da sétima ronda do Campeonato do Mundo de Superbike, que decorre até domingo, no Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão.

Praia é o único português a competir durante o fim de semana no circuito algarvio, numa prova que assinala a despedida do piloto natural de Albufeira, que nos últimos três anos tem competido no Campeonato do Mundo de Moto 1000GP.

Miguel Praia, aos comandos de uma Honda CBR600, fez a melhor volta na segunda sessão de treinos livres, ao percorrer os 4.592 metros do circuito algarvio, em 1.49,062 minutos, menos um segundo do que na primeira ronda, ficando a 4,407 segundos do francês Jules Cluzel (AugustaF3)

“É a minha última corrida em Portimão e quero aproveitar para me divertir, sem estar preocupado com resultados”, disse Praia, frisando que “o momento é muito especial com o regresso a uma classe” onde competiu durante vários anos pela equipa da Parkalgar.

Dizendo que espera divertir-se “sem pensar em resultados”, Miguel Praia acrescentou que a “adaptação à mota tem sido fácil, pois não apresenta alterações substanciais, a não ser em termos de suspensões”.

No Grande Prémio de Portugal de motociclismo, o italiano Davide Giugliano (Ducati) foi o mais rápido nos treinos livres de Superbike.

No primeiro dia da competição, Giugliano completou a sua melhor volta em 1.43,323 minutos, na segunda das duas sessões de treinos livres, superando o atual líder do mundial de pilotos, o britânico Jonathan Rea (Kawasaki), que registou o melhor tempo na primeira sessão (1.43,514).

O Autódromo Internacional do Algarve (AIA) acolhe, pelo oitavo ano consecutivo, uma das rondas do campeonato do Mundo de Superbike, prova que engloba ainda as categorias de Supersport, Stocksport 1000 e Stocksport 600.

Com seis provas disputadas, o inglês Jonathan Rea (Kawasaky) lidera a tabela classificativa com 280 pontos, mais 101 do que o seu compatriota Leon Haslam (Aprilia), que ocupa o segundo posto, seguido do também britânico Tom Sykes (Kawasaki), terceiro classificado, com 178 pontos e seis subidas ao pódio.

Quanto às Supersport, o turco Kenan Sofuoglu (Kawasaki) lidera o mundial de pilotos, com 130 pontos, somando quatro vitórias e cinco subidas ao pódio, à frente de Jules Cluzel (MV Augusta) com 85 pontos, uma vitória e quatro subidas ao pódio esta época, sendo o terceiro posto ocupado pelo norte-americano Patrick Jacobsen (Honda), com 79 pontos e duas subidas ao pódio.

Nas Superstock 1000, o italiano Lorenzo Savadori (Aprilia) lidera com 95 pontos, seguido de Roberto Tamburini (BMW), com 65 pontos, e do checo Ondrej Jezek (Ducati), terceiro, com 53.

Nas Supersotck 600, Toprak Razgatlioglu (Kawasaki) é o primeiro classificado, com 100 pontos, seguido de Frederico Cariscasulo (Honda), com 45, e Ruben Rinaldi (Kawasaki), terceiro, com 40.

Conteúdo publicado por Sportinforma