FC Porto

23-08-2016 20:05

Centenas de adeptos participaram nos treinos das modalidades

Centenas de adeptos do FC Porto tiveram hoje a oportunidade de viver uma manhã diferente no Dragão Caixa, onde puderam assistir e participar nos treinos das equipas seniores de andebol, hóquei em patins e basquetebol.
FC Porto vence Avanca (30-24) no arranque no play-off
Foto: SAPO Desporto

Centenas de adeptos participaram nos treinos das modalidades

Por SAPO Desporto c/ Lusa sapodesporto@sapo.pt

O Dragão Caixa abriu pela primeira vez, esta temporada, as portas para os sócios e adeptos do FC Porto terem a oportunidade única de perceber, de perto, como trabalham os plantéis das três modalidades. E a adesão foi grande.

Logo de manhã, entre as 9:00 e as 11:00, Ricardo Costa orientou o treino do plantel de andebol e, no abrir das portas, já cerca de 200 adeptos aguardavam pela chegada da equipa.

O pavilhão foi se compondo enquanto o grupo de andebol apresentava um treino diferente, em que os mais novos puderam participar, num clima bastante descontraído.

Noel Fonseca, emigrante português, admitiu, à agência Lusa, que adiou o regresso a França quando soube desta iniciativa do FC Porto.

"Tive oportunidade de assistir à apresentação da equipa do FC Porto mas estava desgostoso porque não tinha visto nada das modalidades. Tinha viagem marcada para França esta segunda-feira. Mas quando soube que ia haver esta iniciativa resolvi adiar por dois dias a ida. E não me arrependo nada. Vou para França com o coração cheio e com esperança de uma época em grande, em todas as vertentes", disse.

Perante o olhar atento de uma bancada composta, seguiu-se, entre as 11:00 e as 13:00, o treino do hóquei em patins, sob a orientação de Guillem Cabestany.

Fã da modalidade, Artur Ribeiro não podia estar mais ansioso pelo início da competição: "Este ambiente, esta abertura com os adeptos é de louvar. Faz acreditar que este vai ser o ano do regresso às conquistas do hóquei em patins. Este é um bom começo de época? Muito descontraído".

Das 13:00 e às 15:00, foi a vez de Moncho López mostrar como é que os campeões nacionais de basquetebol trabalham no dia-a-dia.

O andebolista Miguel Martins, o basquetebolista Miguel Miranda e o hoquista Telmo Pinto não têm dúvidas de que esta é uma excelente forma de fortalecer os laços entre jogadores e adeptos.

"Estas iniciativas são importantes, na medida em que os adeptos podem ver de perto a nossa forma de trabalhar, como preparamos diariamente os jogos e a forma como nos entregamos em todos os treinos. É também uma forma de nos aproximarmos dos adeptos, o que também é importante, porque sabemos que quanto mais eles estiverem do nosso lado, quanto mais cheio estiver o Dragão Caixa a apoiar-nos, mais força teremos para ganhar os jogos", começou por dizer Miguel Martins.

A mesma opinião é partilhada por Miguel Miranda que acrescenta que "só com essa união, entre jogadores e adeptos, é possível alcançar os objetivos a que a equipa se propõe para esta época."

O hoquista Telmo Pinto reforça a importância de "sentir o carinho do público desde cedo", motivando para a jornada que está para vir.

Conteúdo publicado por Sportinforma