US Open

04-09-2016 20:53

Baghdatis enviou SMS à mulher em pleno jogo

O tenista cipriota Marcos Baghdatis foi hoje advertido pelo árbitro no Open dos Estados Unidos por um comportamento absolutamente invulgar: enviou um SMS à mulher, em pleno jogo contra o francês Gael Monfils.
Tennis ABN AMRO tournament in Rotterdam
Foto: Lusa

epa03585375 Grigor Dimitrov of Bulgaria picks up his broken racket after smashing it to the ground during his quarter final match against Marcos Baghdatis from Cyprus at the ATP ABN AMRO tennis tournament in Rotterdam, Netherlands, 15 February 2013. EPA/KOEN SUYK

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

Decorria um dos jogos dos oitavos de final do quarto e último ‘Grand Slam da temporada e Baghdatis já perdia por dois 'sets', quando, no banco, pegou no telemóvel e enviou uma mensagem à mulher, a antiga jogadora croata Karolina Sprem.

"Tive vontade de enviar uma pequena mensagem à minha mulher. Estava um bocado frustrado, não conseguia encontrar soluções", disse o jogador, 44.º do 'ranking' e hoje batido por claros 6-3, 6-2, 6-3.

Baghdatis admitiu que foi a primeira vez que fez isto. "Vá, porque não? Não sei se vou ser multado por isto, a advertência é normal, há regras, mas a multa se calhar é demais, não matei nem insultei ninguém".

Segundo os regulamentos da ATP, todas as formas de comunicação com o exterior, nomeadamente os treinadores, está proibida durante os jogos.

"Posso mostrar o SMS à ATP, não está dirigido ao meu treinador mas à minha mulher", defende-se, sem adiantar nada sobre o conteúdo da mensagem nem sobre a eventual resposta.

Conteúdo publicado por Sportinforma