US Open

04-09-2016 00:02

Serena Williams recordista, no dia do adeus de João Sousa

O tenista português João Sousa despediu-se hoje do Open dos Estados Unidos, ao ser eliminado na terceira ronda do quarto torneio do ‘Grand Slam’ da temporada, na qual Serena Williams juntou mais um recorde ao seu historial.
Serena Williams no US Open 2016

Serena Williams no US Open 2016

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

O tenista português João Sousa despediu-se hoje do Open dos Estados Unidos, ao ser eliminado na terceira ronda do quarto torneio do ‘Grand Slam’ da temporada, na qual Serena Williams juntou mais um recorde ao seu historial.

Com um triunfo por 6-2, 6-1, sobre a sueca Johanna Larsson, a número um mundial tornou-se na mulher com mais vitórias em encontros em torneios do ‘Grand Slam’, com a 307.ª conquista, ultrapassando a compatriota Martina Navratilova.

“Estava muito empolgada para chegar às 307. Ear algo que nem sequer sabia até chegar a Wimbledon – tornou-se num novo objetivo. É muito bom para mim (...). E que melhor sítio do que aqui, onde tudo começou”, disse Serena, que ganhou o primeiro dos seus primeiros 22 títulos do ‘Grand Slam’ em Nova Iorque em 1999.

Caso vença na próxima ronda a cazaque Yaroslava Shvedova, que eliminou a chinesa Shuai Zhang, por 6-2, 7-5, Serena Williams ultrapassará mesmo o suíço Roger Federer como o tenista com mais triunfos em encontros em ‘majors’ na ‘Era Open’.

“Obviamente que quero que esse número vá crescendo”, disse Serena Williams, que pode, em Flushing Meadows, alcançar um inédito 23.º título em ‘majors’ – na ‘Era Open’ -, ultrapassando a alemã Steffi Graff.

A romena Simona Halep, quinta cabeça de série, evitou uma surpresa, ao vencer a húngara Tímea Babos, 31.ª, por 6-1, 2-6, 6-4, sentindo mais dificuldades do que a polaca Agnieszka Radwanska, quarta, que afastou a francesa Caroline Garcia, por 6-2, 6-3.

No quadro masculino, João Sousa voltou a falhar a presença nos oitavos de final de um ‘Grand Slam’, ao ser derrotado pelo búlgaro Grigor Dimitrov, 22.º cabeça de série.

Pela quinta vez na terceira ronda de um ‘major’, João Sousa, 36.º do ‘ranking’, voltou a não conseguir ser o primeiro português nos oitavos de final de um ‘Grand Slam’, ao perder com o búlgaro, 24.º, por 6-4, 6-1, 3-6, 6-2, em duas horas e 38 minutos.

Na próxima ronda, Dimitrov vai defrontar o britânico Andy Murray, que este ano chegou à final dos três primeiros ‘majors’ – venceu em Wimbledon – e conquistou o ouro nos Jogos Olímpicos Rio2016.

Murray, segundo cabeça de série, sentiu algumas dificuldades para afastar o italiano Paolo Lorenzi, 40.º do mundo, por 7-6 (7-4), 5-7, 6-2, 6-3, ao fim de três horas e 16 minutos.

O aniversariante Dominic Thiem, oitavo pré-designado, também seguiu em frente, ao eliminar o espanhol Pablo Carreño Busta, finalista do Estoril Open, por 1-6, 6-4, 6-4, 7-5.

Em grande forma parece continuar o argentino Juan Martin Del Potro, que, depois da prata no Rio2016, venceu o David Ferrer, 11.º cabeça de série, por 7-6 (7-3), 6-2 6-3.

Afetado por muitos problemas num pulso, Del Potro, campeão do US Open em 2009, não chegava a esta fase de um 'Grand Slam' desde Wimbledon em 2012.

Conteúdo publicado por Sportinforma