Canoagem

13-09-2016 17:01

Emanuel Silva quer fazer seis Jogos Olímpicos e competir até aos 38 anos

Canoísta português espera estar presente nos próximos Jogos Olímpicos de Tóquio.
Olympic Games 2016 Canoe Sprint
Foto: Lusa

Canoísta português espera estar presente nos próximos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Por SAPO Desporto c/Lusa sapodesporto@sapo.pt

Emanuel Silva revelou hoje, no âmbito da Semana Europeia do Desporto, que deseja cumprir seis Jogos Olímpicos e competir até aos 38 anos.

"Atualmente, tenho 30 anos e já participei em quatro competições olímpicas. Penso que, se tudo correr bem, poderei fazer mais dois Jogos Olímpicos sem problemas", destacou o canoísta do Sporting.

Emanuel Silva congratulou-se com a realização da Semana Europeia do Desporto e considerou que o apoio ao desporto escolar e aos jovens continua a ser altamente deficitário em Portugal, apelando aos responsáveis pelas altas esferas desportivas nacionais que comecem já a trabalhar e a agir.

"Nós, os atletas, temos feito o nosso trabalho. Eles, os responsáveis do Governo, do COP e das federações que façam o deles. E espero que comecem já a projetar e a trabalhar para os Jogos Olímpicos de Tóquio. E não esperem por 2020, o último ano da preparação olímpica, para tomarem decisões", frisou Emanuel Silva.

O medalha de prata nos Jogos Olímpicos Londres2012 em K2 1.000 metros espera que as federações tenham mais verbas para gastarem com a preparação olímpica, para que possam dar “um maior apoio e garantir a contratação a tempo e horas de técnicos, médicos e fisioterapeutas”.

"Enfim, de tudo o que é necessário para melhorarmos a preparação para uns Jogos Olímpicos. Nós, os atletas, só queremos remar, competir e ganhar. Não queremos andar constantemente preocupados com as condições de treino, de estágios, etc.", adiantou Emanuel Silva.

O canoísta português, que ficou a apenas 22 centésimos de segundo de atingir o pódio nos recentes Jogos do Rio de Janeiro (foi quarto classificado), já aponta aos Campeonatos da Europa, em março de 2017, e aos Mundiais, agendados para agosto do mesmo ano. "Esses serão os meus focos principais".

Conteúdo publicado por Sportinforma